GPS Brasília comscore

Pastor causa polêmica ao afirmar que já beijou a própria filha na boca

Declaração de Lucinho Barreto, da Igreja Batista da Lagoinha (BH), gerou repercussão nas redes
Pastor Lucinho Barreto
Pastor Lucinho Barreto | Foto: Reprodução

Compartilhe:

Um vídeo onde aparece o pastor Lucinho Barreto, da Igreja Batista da Lagoinha de Belo Horizonte (MG), chamou a atenção da web, nesta quinta-feira (02), porque o líder religioso pareceu admitir, em um dos trechos da gravação, que já teria beijado a boca da própria filha. A declaração compartilhada nas redes gerou críticas e levantou questionamentos sobre os limites do relacionamento entre pais e filhos.

Em meio a risadas da plateia, Barreto afirmou: “Eu peguei minha filha um dia, dei um beijo nela, ela passava e eu falava: ‘Nossa, que mulherão! Ai, se eu te pego’. Aí ela ficava assim: ‘Credo, pai, você já é da minha mãe'”, teria repreendido a moça, segundo relatos do próprio religioso.

No vídeo, ele continuou dizendo que ainda beijou Emily Barreto na boca quando ela ainda era menor de idade: “Um dia, ela estava distraída e eu peguei e dei um beijo nela. E ela disse assim: ‘Que isso, pai?’ E eu disse: ‘Porque quando eu encontrar seu namorado, eu vou falar: ‘Você é o segundo, porque eu já beijei'”, disse ele na gravação antes de ser aplaudido pela plateia presente no evento religioso.

Apesar das críticas, o pastor ainda não se manifestou sobre a polêmica. Quem falou sobre o episódio foi a própria Emily, a filha de Barreto, que afirmou nunca ter sido abusada pelo próprio pai.

“Meu pai nunca me beijou de língua, nunca fez nada comigo. Ele sempre me deu um bom exemplo de uma figura paterna maravilhosa, porque eu sempre podia contar para ele minhas decepções amorosas e ele sempre me ajudou”, disse em um vídeo postado em suas redes sociais após a repercussão do caso.

Emily, que hoje é mãe de um filho de um ano, descreveu como eram as interações com o pastor e apontou que os dois, no máximo, trocavam selinhos.

“Nunca aconteceu nada do tipo, tiraram a fala totalmente do contexto. Só faltam virem falar que estou sendo coagida”, reclamou a filha do pastor. 

Veja os vídeos:

Veja a resposta da filha:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Emily Barreto Bichara (@mimybarret)