GPS Brasília comscore

Entenda como funcionou a fantasia que surpreendeu o Brasil no corpo de Paolla Oliveira

A rainha de bateria desfilou no domingo (11) pela Grande Rio no Carnaval da Sapucaí
Paola Oliveira utilizando a fantasia de onça | Reprodução/Instagram

Compartilhe:

A atriz Paolla Oliveira desfilou para a Grande Rio, sob o enredo de ‘Nosso destino é ser Onça’, como rainha de bateria, neste domingo (11). Mas o que surpreendeu foi a fantasia de Paolla, que abraçava a expressão ‘ser onça’, com uma espécie de máscara do felino que cobria seu rosto e se abria momentaneamente.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Rio Carnaval (@riocarnaval)

Em entrevista para o Gshow, o dono do atelier responsável pelo projeto, Bruno Oliveira, explicou que o capacete foi equipado com um motor controlado por sistema arduino para coordenar a posição e movimento da máscara. Já os olhos da onça eram feitos de lâmpadas LED.

“A gente gosta muito de ousadia e dessas transformações. Foi o casamento perfeito com o que a Paolla estava buscando no momento e o que a gente gosta de realizar”, afirmou ele. A fantasia começou a ser produzida em setembro.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal)

Na Sapucaí, fantasia era controlada pela própria Paolla por meio de um controle remoto, contou ela em entrevista para a TV Globo, após o desfile. A peça utilizou mais de 40 mil vidrilhos e cristais, mas não tem valor estimado.