GPS Brasília comscore

Economista Maria da Conceição Tavares morre aos 94 anos em Nova Friburgo (RJ)

Referência na economia brasileira, Tavares deixou legado sobre justiça social

Compartilhe:

A renomada economista Maria da Conceição Tavares faleceu, neste sábado (8), aos 94 anos em Nova Friburgo (RJ). A causa da morte ainda não foi divulgada. Nascida em Anadia, Portugal, Tavares se mudou para o Brasil em 1954, fugindo da ditadura de António de Oliveira Salazar, e se naturalizou brasileira em 1957. Graduou-se em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e deixou um importante legado na área.

Durante sua vida, Tavares exerceu a função de deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT) por um mandato, entre 1995 e 1999, e teve passagens pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). Além disso, escreveu diversos livros sobre desenvolvimento econômico, contribuindo significativamente para o debate na área.

A economista foi uma grande influenciadora e suas ideias continuam presentes nos estudos econômicos contemporâneos. Recentemente, trechos de suas aulas e uma entrevista no Programa Roda Viva viralizaram nas redes sociais, onde Tavares defendia com veemência a importância da justiça social na economia: “Se você não se preocupa com justiça social, com quem paga a conta, você não é um economista sério. Você é um tecnocrata”.