GPS Brasília comscore

Saiba onde a ex-ministra Flávia Peres decidiu se casar com banqueiro

Ex de Arruda vai selar união com Augusto Lima, sócio do Banco Master
Capela de Nossa Senhora do Loreto, do século XVII
Capela de Nossa Senhora do Loreto, do século XVII | Foto: Reprodução/Internet

Compartilhe:

Flávia Peres não esconde aos amigos mais próximos a felicidade por estar prestes a iniciar uma nova fase da vida. Recentemente, a ex-ministra da Secretaria de Governo da Presidência da República decidiu oficializar a relação com o banqueiro Augusto Lima, um dos donos do Banco Master, potência promissora no mercado financeiro do país. A cerimônia íntima será no próximo sábado (20).

O GPS|Brasília já sabe onde e te conta: o casal escolheu se unir, oficialmente, na encantadora e histórica Capela de Nossa Senhora do Loreto, localizada na badalada Ilha dos Frades, um dos pontos mais procurados em Salvador (BA).

Datada do século XVII, a paradisíaca igrejinha é uma das mais disputadas para ser cenário de enlaces matrimoniais na Bahia, principalmente por estar a alguns metros do mar da Baía de Todos os Santos, na praia de Loreto, e pelo altar ser recheado de elementos neoclássicos.

Desde 2002, a paróquia é reconhecida como patrimônio histórico estadual, tombada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac). A capela, que é de propriedade particular, oferece acesso aos convidados apenas por meio das embarcações. A cerimônia deve ocorrer no período da tarde.  

Para o destino na lua de mel dos noivos, ainda há um mistério no ar. Isso porque o casal chegou recentemente de uma viagem importante e ainda não decidiu se passará o aniversário da ex´deputada federal, comemorado um dia após a cerimônia religiosa e civil (domingo), na capital soteropolitana, ou se pretende se deslocar para alguma outra praia ou até mesmo para o frio da neve. 

“Estou muito feliz”, tem dito Flávia Peres aos mais íntimos. 

Flávia Peres e Augusto Lima
Casal Flávia Peres e Augusto Lima | Foto: Reprodução/Instituto Terra Firme

Felicidade

A alegria dela não chegou à toa. Desde que anunciou, há cerca de um ano, a separação do ex-governador José Roberto Arruda, com quem esteve casada por 16 anos e tem duas filhas (Maria Luísa e Maria Clara), a ex-ministra da gestão de Jair Bolsonaro (PL) tem dividido a agenda entre Brasília, São Paulo e Salvador.

Meses após o resultado das eleições de 2022, quando concorreu ao Senado Federal pelo Distrito Federal, Flávia aceitou o convite e assumiu a cadeira de presidente do Instituto Terra Firme, entidade social que atua no combate à pobreza e à desigualdade social na Bahia. 

A instituição foi fundada pelo noivo, Augusto Lima, no fim do ano passado, e tem contribuído para ações inclusivas no estado baiano. A chegada da nova ONG causou na capital baiana.

Para se ter ideia, o lançamento contou com a presença de nomes de peso, como o atual governador baiano, Jerônimo Rodrigues (PT), o prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), o cantor Bell Marques, além da apresentação feita pelo ator Luis Miranda, querido na capital baiana.