GPS Brasília comscore

Petistas abrem campanha contra indicação de Gonet à PGR

O argumento é de que Gonet teria apoio explícito de bolsonaristas
Petistas abrem campanha contra indicação de Gonet para PGR
Paulo Gonet em sessão no Tribunal Superior Eleitoral | Foto: Alejandro Zambrana/Secom/TSE

Compartilhe:

Apoiadores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva fazem uma campanha nas redes sociais para convencê-lo a não indicar o vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gustavo Gonet Branco, para chefiar a Procuradoria-Geral da República (PGR). O cargo não tem um titular desde setembro.

Eles argumentam que Gonet tem apoio explícito de bolsonaristas e se posicionou contra a inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro por abuso de poder político.

“Paulo Gonet é conservador raiz, cristão, sua atuação no STF nos processos da Lava Jato foi impecável”, diz a deputada Bia Kicis (PL-DF), em uma das postagens compartilhadas pelos petistas. Gonet é próximo dos ministros do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes. Sua indicação representaria uma vitória política deles.

A escolha de Lula deve ser oficializada nesta semana e a indicação precisará passar ainda por aprovação no Senado Federal.