GPS Brasília comscore

Padre Kelmon se filia ao PRTB para disputar a Prefeitura de São Paulo

Em fevereiro, religioso havia confirmado que disputaria o cargo pelo PRD
Padre Kelmon é pré-candidato à Prefeitura de São Paulo
Em 2022, Kelmon usou o debate na TV para criticar a esquerda, fazer tabelinha com Bolsonaro e travar embates com Lula e a senadora Soraya Thronicke / Foto: Reprodução/X

Compartilhe:

Por Rafaela Ferreira, especial para o Estadão

O ex-candidato à Presidência da República Padre Kelmon anunciou a pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB). Em fevereiro, o religioso havia confirmado que disputaria o cargo pelo Partido Renovação Democrática (PRD). Na ocasião, a sigla negou ter dado o aval para Kelmon concorrer nas eleições municipais e disse que o assunto nem sequer havia sido debatido internamente.

“Quero agradecer à presidente do PRTB, Rachel de Carvalho, pela acolhida ao meu nome, Padre Kelmon, como pré-candidato, pelo PRTB, à Prefeitura de São Paulo. Muito obrigada a todos, aos meus, agora, amigos e irmão do PRTB”, disse, no Instagram. “Estou anunciando publicamente que minha pré-campanha, minha pré-candidatura, será pelo PRTB.”

Ao Estadão, em fevereiro, Kelmon disse, que o anúncio era uma decisão dele, atendendo a um “chamado do povo de São Paulo”. “Se o presidente do partido está dizendo isso, ele está querendo dizer que o Padre Kelmon procure outra casa. Então, eu vou procurar”, disse. “O que eu confirmo é que sou pré-candidato à Prefeitura de São Paulo. Partido não faltará.”

Nas eleições de 2022, o sacerdote pleiteou ao cargo de chefe do Executivo pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Ele ficou conhecido pelas “dobradinhas” nos debates na TV com o então candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL).

Últimas

Política