GPS Brasília comscore

Novacap instala pontos para arrecadação da campanha Brasília pelo Sul

A partir de segunda (13), tendas armadas nas entradas da companhia passam a receber as doações
Fernando Leite, presidente da Novacap | Foto: Alquimia Filmes
Fernando Leite, presidente da Novacap | Foto: Alquimia Filmes

Compartilhe:

A tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul aflorou a solidariedade das pessoas com o sofrimento das famílias afetadas. A região se encontra em situação precária, sem água, sem energia e sem mantimentos. Pensando nisso, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) dá início à arrecadação de itens para ajudar ao povo do Sul.

Dois pontos de coleta começam a funcionar a partir de segunda-feira (13) nas duas entradas da empresa. Quem passar pela Epia pode deixar sua doação na tenda montada na portaria principal. Nos fundos da companhia, na Área Especial do SIA, mais uma estrutura também vai receber os produtos.

“Estamos às margens de uma das vias mais movimentadas do Distrito Federal”, destaca o presidente da Novacap, Fernando Leite. “Acreditamos que isso vai facilitar para os motoristas, pois eles não vão precisar se desviar do destino e vão poupar tempo.”

A iniciativa integra a campanha Brasília pelo Sul, idealizada pela primeira-dama do DF, Mayara Noronha Rocha, por meio da Chefia-Executiva de Políticas Sociais, com base nas ações do Comitê de Emergência criado pelo GDF para organizar o auxílio aos gaúchos.

Para os funcionários da Novacap, ainda há cinco pontos de coleta dentro da companhia (Presidência, Diretoria de Urbanização, Diretoria de Edificação, Departamento de Gestão de Pessoas e Departamento de Transportes). “Nosso objetivo é facilitar a doação para aqueles colaboradores que puderem participar da campanha. É um momento de união e solidariedade”, ressalta Fernando Leite.

● Água potável;
● Colchões e travesseiros;
● Roupas de cama, toalhas e cobertores;
● Artigos de higiene pessoal;
● Produtos de limpeza;
● Cestas básicas;
● Talheres descartáveis;
● Leite em pó;
● Fraldas para adultos e crianças;
● Mamadeiras e bicos infantis;
● Roupas (principalmente agasalhos) e sapatos;
● Ração para animais domésticos.

As doações coletadas pelos órgãos públicos seguem para a base da Força Aérea Brasileira e, de lá, para o Rio Grande do Sul.

*Com informações da Nov