GPS Brasília comscore

Carlinhos Monteiro, o nome por trás dos memes da sociedade brasiliense

Em conversa com o GPS, Carlinhos conta sobre trajetória das redes sociais e na política
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Compartilhe:

Ao passear pelo Instagram, é provável que você já tenha visto Carlinhos Monteiro em memes envolvendo a sociedade brasiliense. Casamento, aniversários, viagens… qualquer situação gera enredo do conteúdo bem-humorado com as mulheres da capital. Mas tudo começou com o uso da comédia na política. 

Formado em publicidade, Carlinhos, natural do interior de Alagoas, entrou para o universo digital ao trabalhar na gestão de redes sociais e assessoria de comunicação de prefeituras.

Na esfera política, o jovem de 26 anos chegou até a se candidatar a governador-tampão do Estado, porém, como tinha uma idade inferior da exigida, o partido pediu sua impugnação. 

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Carlinhos Monteiro (@carlinhosmonteiro_)

Com o passar do tempo, Carlinhos começou a ver empecilhos na atuação nesse mundo. “O trabalho nessa área depende do resultado das eleições. E, se os candidatos com que eu trabalhava perdessem a eleição, seria o término do meu contrato”, conta ao GPS.

Foi então que ele começou a trabalhar em uma empresa de fornecimento de internet. Lá, ele também fazia a parte de gestão de redes sociais e marketing. Depois de cerca de um ano, viu que não se identificava no lugar. 

“O salário era muito baixo. Não dava para eu comprar quase nada do que eu gostava. Eu recebia 1.096 reais e sempre tive espírito de rico”, brinca. 

Foi então o momento de dar o start na internet, mais especificamente no Facebook. “Gostava de escrever e fazia textos enormes e interessantes sobre a política local. As pessoas adoravam”. Em seguida, o Instagram foi a sua “casa”. 

“Como eu sempre gostei de conversar e falar muito, fazer story é maravilhoso pra mim. No começo, porém, não era tão fácil assim. Pode não parecer, mas sou tímido quando não tenho domínio da situação”, compartilha.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Carlinhos Monteiro (@carlinhosmonteiro_)

 

 

Durante o bate-papo com o GPS, quando questionado sobre o apoio de sua família nesse universo virtual, Carlinhos afirma: “Até hoje, eles não entendem muito bem o que faço, mas sabem que é um trabalho e que é com ele que pago minhas contas”. 

Atualmente, 50% dos assuntos tratados pelo alagoano na internet ainda são relacionados à política, porém, a outra metade também inclui a alta sociedade, incluindo a brasiliense. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Carlinhos Monteiro (@carlinhosmonteiro_)

Com muita leveza, como de costume, Carlinhos fala dos eventos, roupas, fotos e do universo das “mulheres rycas”, como ele mesmo batizou as personagens. Tatá Canhedo e Duda Portella Amorim são apenas algumas das representantes da capital.

“Por incrível que pareça, nunca tive contato pessoal com quase nenhuma das mulheres de Brasília. Mas são super simpáticas comigo pelo direct e levam numa boa até as críticas que faço no que se refere às roupas ou itens que não gosto. Na verdade, a brincadeira está justamente aí, se for apenas bajulação vira uma coluna social normal, e ninguém dá tanto valor. As pessoas querem verdade sem ofensas, leve, descontraída”, afirma.

Aqui na capital, o influencer vê um diferencial: as mulheres, segundo ele, são mais extravagantes. “Percebo que elas adoram estampar marcas, usar roupas mais chamativas, brilhosas e plumas. Eu acho o máximo, porque é conteúdo para mim, tanto pra elogiar quanto para criticar”. 

Para a alegria de seus seguidores, não está nos planos de Carlinhos deixar as redes sociais de lado. 

“Nunca imaginei que vindo de uma família simples, sem sobrenome bonito, sem ser de família tradicional, eu conseguisse transitar nos melhores lugares e sentar nas mesas de pessoas tão importantes. Muitos podem dizer: mas é o seu talento, foram os seus esforços, e por aí vai. Eu, porém, sei que nada disso seria possível sem a graça de Deus sobre a minha vida”, conclui o publicitário. 

 

Últimas

Política