GPS Brasília comscore

Caesb recebe visita de técnicos da Embasa

Para conhecer as tecnologias de captação, tratamento e distribuição de água potável, técnicos da Empresa Baiana de Águas e Saneamento estão visitando a Caesb

Compartilhe:

Para conhecer as tecnologias de captação, tratamento e distribuição de água potável, técnicos da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) estão visitando unidades da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). A visita foi motivada pelo fato da Caesb ser referência no processo de tratamento de água, mais especificamente na adoção de tecnologias como a flotação por ar dissolvido e a ultrafiltração. Seis técnicos da Embasa conheceram a Sede da Caesb, em Águas Claras, a Estação de Tratamento de Água (ETA) Corumbá, que fica em Valparaíso – GO, a ETA Lago Norte e a ETA Brasília.

O Sistema de Flotação por Ar Dissolvido (FAD) é uma técnica de tratamento de água que utiliza a injeção de ar pressurizado no meio líquido para a separação dos sólidos em suspensão. As microbolhas de ar formadas se unem às partículas sólidas suspensas, levando-as até a superfície, onde podem ser removidos.

A Ultrafiltração (UF) é um processo de separação física que utiliza membranas semipermeáveis como barreiras para remover sólidos em suspensão, micropartículas e patógenos da água, atendendo aos padrões de qualidade da água cada vez mais rigorosos. Há uma remoção de contaminantes por um mecanismo simples de exclusão por tamanho, capaz de reter microrganismos (vírus, bactérias, protozoários como Giardia e Cryptosporidium), partículas, sólidos em suspensão, entre outros, gerando uma água tratada de excelente qualidade.

O diretor Comercial da Caesb, Sérgio Lemos, o assessor de Projetos Especiais e Novos Negócios, Fuad Moura, e o superintendente de Produção de Água (PPA), Diogo Gebrim, receberam a comitiva da Embasa composta pelo gerente de Tecnologia Operacional, Severino Neto, pela supervisora Operacional, Marisa Costa, pelo assessor da Diretoria de Operação Metropolitana, Júlio Mora, pelo gerente de Produção de Água, Jairo Lameira, pela supervisora de Suporte Técnico de Água Interior Norte,  Ingryd Oliveira, e pela supervisora de Suporte Técnico de Água Interior Sul, Paloma de Menezes.

Para Fuad Moura, a troca de experiências entre a Embasa e a Caesb favorece o avanço e o aprimoramento do setor de saneamento. “Essa parceria entre as Companhias está pautada nos princípios de sustentabilidade ambiental, eficiência operacional e melhoria na qualidade dos serviços, beneficiando tanto as Empresas quanto a sociedade como um todo”, defende o Assessor.

Últimas

Política