GPS Brasília comscore

Brasília é considerada a 4ª cidade mais empreendedora do País

A capital subiu 65 posições no Índice de Cidades Empreendedoras 2023
os instrumentos de gestão do PPCub podem ser aperfeiçoados, com a criação de um Comitê Gestor do sítio Patrimônio da Humanidade, para coordenar as diferentes instâncias envolvidas, atendendo às recomendações da Unesco
Os instrumentos de gestão do PPCub podem ser aperfeiçoados, com a criação de um Comitê Gestor do sítio Patrimônio da Humanidade, para coordenar as diferentes instâncias envolvidas, atendendo às recomendações da Unesco. Foto: Anderson Parreira/Agência Brasília

Compartilhe:

A capital federal acaba de conquistar o quarto lugar no ranking das cidades mais empreendedoras do Brasil, conforme divulgado pelo Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) 2023. Este ranking serve como uma ferramenta de avaliação para gestores públicos e organizações de apoio interessadas em impulsionar a economia. Brasília registrou o maior avanço entre as cidades, subindo 65 posições em relação ao ano anterior.

Para a presidente do Lide Mulher Brasília, Janine Brito, da Pinheiro Ferragens, esse reconhecimento enche de orgulho os empreendedores da cidade e inspira futuros empresários brasilienses, que enxergarão que a cidade é um celeiro de oportunidades para quem deseja empreender. 

“É um sinal de que a nossa cidade pulsa sangue empreendedor, o que é extremamente positivo para as mudanças que esperamos ver em nosso País. A posição nesse ranking, que melhora a cada ano, é uma prova disso”, afirma a empresária.

Janine Brito – CEO Pinheiro Ferragens – (Divulgação)
Destaques de Brasília

No quesito ‘Infraestrutura’, Brasília se destacou, ficando na terceira posição do ranking. Os principais fatores que contribuíram para essa classificação incluem a conectividade rodoviária, o número de decolagens aéreas e as boas condições urbanas, como a velocidade da internet, na qual Brasília está em quarto lugar.

A cidade também alcançou a terceira posição no item ‘Mercado’, principalmente devido ao seu elevado PIB per capita, que é o maior do Brasil, indicando uma alta produção por habitante.

No aspecto ‘Cultura Empreendedora’, Brasília obteve um desempenho excelente, ocupando a quarta posição no ranking. Apesar de ser uma das capitais mais novas do Brasil, a cidade possui altos índices de consultas sobre empreendedorismo, demonstrando o forte engajamento da população em atividades empresariais.

De acordo com a Enap, os estudos para o ICE 2024 estão em estágio avançado e em breve estarão disponíveis para consulta pública.