GPS Brasília comscore

Bolsonaro e Michelle receberam mais de meio milhão do PL em 2023

Casal está na cúpula da legenda desde o início do ano
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Compartilhe:

Por Karina Ferreira, especial para o Estadão

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e sua esposa Michelle podem ter recebido o total de R$ 589 mil em salários do PL durante 2023. O casal está na cúpula da legenda desde o início do ano, quando deixaram o poder após Bolsonaro perder as eleições presidenciais.

Os dados de salários do casal foram informados pelo Partido Liberal (PL) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e se referem aos valores pagos de fevereiro a outubro. Os salários dos meses de novembro e dezembro, que fecham a conta do ano, foram projetados pelo portal Metrópoles. As informações estão disponíveis no Sistema de Prestação de Contas Anual (SPCA), do TSE.

Conforme os dados enviados pelo PL, Bolsonaro recebeu R$ 200 281,14 da legenda entre os meses de abril e outubro. Já a ex-primeira dama, que ocupa o cargo de presidente do PL Mulher, recebeu do partido entre fevereiro e setembro o total de R$ 236 390,48.

O salário de cada um como dirigente partidário é atualmente de R$ 30.483,16. Os gastos com assessores, advogados e outras despesas, como deslocamentos e alimentação, não estão inclusos nesse valor.

O presidente nacional da sigla, Valdemar Costa Neto, foi procurado pelo Estadão, mas não se pronunciou até a publicação deste texto.

Do total de R$ 141.072.720,75 arrecadados pelo partido em 2023, 99,97% do valor veio do fundo partidário. A sigla, que ficou com a maior fatia do fundo bilionário, teve um aumento de 73% comparado com a quantia disponível no ano passado.