GPS | BEM-ESTAR

Força, foco e... novidades

COLABORADOR Rebeca Oliveira   
|   04/01/2018 13:08 ( atualizada 04/01/2018 13:08)   
FOTO Cortesia   
Tire do papel os planos de se exercitar em 2018. Eduardo Netto, diretor-técnico do grupo BodyTech, conta ao GPS|Brasília quais as tendências fitness para este ano

Quando o assunto são exercícios físicos, o Brasil exibe dados contraditórios. Ao mesmo tempo em que sete em cada dez brasileiros não praticam nenhum tipo de atividade (segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), o país ostenta um dos maiores mercados fitness do mundo. Segundo a IHRSA, associação internacional que é autoridade nesse segmento, há mais de 32 mil academias em funcionamento em solo tupiniquim. Em quantidade, só perdemos para os Estados Unidos.
 

No início do ano, é comum que muita gente se comprometa em abandonar o sedentarismo. As matrículas nas academias explodem. O estímulo está a mil e sobram fotos de desafios e metas nas redes sociais, a maioria comprometida com as resoluções de fim de ano. O problema começa quando janeiro finda. Desistências são recorrentes. A principal reclamação é a falta de motivação e a dificuldade em inserir exercícios na atribulada rotina.
 

Para Eduardo Netto, diretor-técnico do grupo BodyTech e graduado em Educação Física pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, uma das medidas para combater esse cenário curioso (e paradoxal!) já está sendo tomada. As academias estão investindo em novas modalidades para além da musculação ou dos treinos de ginástica localizada (que, aliás, fazem muito sucesso em Brasília). Essa é uma das tendências fitness para este ano. Ao lado dela, estão os exercícios funcionais, o treinamento em circuito e atividades  "mind", como a yoga (confira a lista completa abaixo).
 

"No Brasil, apenas 4% da população treina com frequência. Há mais de 10 anos tentamos reverter esse percentual para 8%. O que está acontecendo é que quem pratica atividade troca de academia, mas quem é sedentário continua sem treinar. Uma maneira de reverter isso é inovar na hora de oferecer os serviços. A academia hoje é totalmente diferente do que foi há 20 anos", avalia o profissional. 
 

Para Eduardo, é necessário tirar do imaginário comum o tédio de passar de 1h na bicicleta ergométrica ou na esteira. "As pessoas justificam que não tem tempo, que estão desmotivadas ou que malhar é caro. O primeiro quesito é fácil de resolver. Temos muitas atividades de 30 e até 15 minutos minutos que são tão ou mais benéficas do que séries longas", complementa.
 

Se está em dúvida quando as modalidades que estarão em alta esse ano, Netto tem algumas respostas imediatas. Uma das mais cotadas são as atividades coletivas, algo intrínseco à personalidade do brasileiro, conhecido pelo jeito expansivo e altamente sociável. "Há essa pegada do social, do motivacional, da tribo e das necessidades coletivas. Se encaixar em uma tribo é uma tendência muito grande", acredita. Outro queridinho de anos anteriores que continua em alta é o HIIT, ou treino intervalado de alta intensidade.

Eduardo Netto, da BT: "a academia hoje é totalmente diferente do que foi há 20 anos"

 

"As atividades de curta duração têm ganhado grande relevância. Em vez de ficar 1h fazendo aeróbio, pode-se fazer em até 10% do tempo tradicional. Inclusive pessoas que têm problemas de saúde, como hipertensão e diabetes. Isso está substituindo a antiga recomendação, que era de treinos de longa duração e baixa intensidade", conclui. Outro conselho do especialista: não adianta passar horas na academia e descuidar da alimentação. Bons hábitos à mesa têm peso de ouro e valem por uma suplementação com whey e afins, por vezes desnecessária. "Se você comer bem, não precisa suplementar, a nao ser que esteja em treinamento esportivo ou faça uma atividade muito específica", finaliza.
 

20 tendências fitness para 2018, segundo o Colégio Americano de Medicina Esportiva
 

1 - Treinamento intervalado de alta intensidade: HIIT
2 - Treinamento em grupo: ginástica coletiva
3 - Tecnologia portátil: frequencímetros, GPS, relógios “smart”
4 - Exercícios com o peso corporal: calistenia
5 - Treinamento de força: musculação e outras formas
6 - Profissionais experientes, certificados e educados: currículo e conhecimento técnico
7 - Yoga
8 - Treinamento personalizado: personal training
9 - Exercício físico para pessoas idosas
10 - Treinamento funcional: treinamento multicomponente
11 - Exercício físico e emagrecimento
12 - Exercício físico é remédio: exercício para prevenção/tratamento de doenças
13 - Treinamento personalizado em pequenos grupos: group personal training
14 - Atividades ao ar livre: outdoor
15 - Liberação miofascial: rolos de mobilidade e flexibilidade
16 - Licenciamento/habilitação para profissionais fitness
17 - Treinamento em circuito: circuit training
18 - Coaching de bem-estar: wellness coaching
19 - Treinamento dos músculos do tronco: core training
20 - Treinamento esporte-específico

 

Play!

Se animou? GPS|Brasília compartilha playlist do Spotify para animar os treinos de HIIT, a aula de funcional, o circuit training... Ouça aqui. 

 


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}