GPS | DESIGN

Arte no prato

COLABORADOR Redação   
|   18/12/2017 17:17 ( atualizada 18/12/2017 17:17)   
FOTO Reprodução   
Conheça os designers de louças da cidade que tornam a experiência gastronômica mais artística

Não é só a preparação do prato que colabora para uma boa experiência gastronômica. A apresentação - seja a disposição dos alimentos, seja própria louça - dá um toque de arte ao ato de comer. É acreditando nesse viés da gastronomia que nomes da cidade escolheram se expressar artisticamente. Em famosos realities shows ou na cozinha de casa, as louças são o toque final de qualquer refeição.

 

Quem aterrissa na cidade com peças famosas em todo o Brasil é a designer Patrícia Osório. A frente do Studio Pod, as obras de Patrícia são conhecidas pelo programa Cozinha Prática (GNT), apresentado por Rita Lobo. Com ateliê na capital paulista, agora a ceramista se dedica também ao mercado de Brasília e promete instalar ateliê na capital, mais precisamente na 905 Sul.

 

Além de ter parte de sua produção executada e exposta por aqui, ela se prepara também para dar aulas de cerâmica na cidade. O plano é que as atividades para os alunos comecem em fevereiro de 2018. Além disso, as peças com a assinatura da designer já estão circulando pelo mercado brasiliense na loja Hill House (CasaPark).

 

 

Criada em Brasília e com formação em São Paulo, na Escola Panamericana de Artes, a designer atuou por 15 anos como decoradora de interiores. Ao voltar a fixar residência em São Paulo, em 2012, investiu alto para tornar a cerâmica o seu ofício. “Entrei em aulas em quatro ateliês diferentes para aprender a trabalhar com cerâmica. Estava procurando um novo horizonte e me apaixonei de cara quando comecei a aprender”, conta.

 

 

A arte da cerâmica

Antes de pratos e louças, a cerâmica pura. Davi Ferraz é apaixonado pela técnica há 23 anos. Antes no Entorno, mudou-se para o Plano Piloto, onde funciona a fábrica desde 2014. Logo se tornou queridinho dos chefs da cidade. Davi assina pratos de casas como Authoral, Taypá, Mercadito, Belini, Varanda, Cuzco e outros.

 

Para chegar a este ponto, foi necessário muito estudo. "Eu já dominava a técnica de criar cerâmica assando em alta temperatura. Foi em um curso em São Paulo que conheci outros ceramistas e a cerâmica gourmet", relembra. Foi daí que Davi fez aulas específicas para a gastronomia e se tornou amigo pessoal de chefs da cidade, que o ajudaram com dicas e criação de projetos. "Quando comecei no ramo, não havia nada parecido", relembra.

 

 

Sua fábrica funciona na Asa Norte é dividida em duas partes, uma para a venda de peças únicas e a fábrica em si, onde as peças são desenvolvidas. "As pessoas podem encontrar, conhecer a produção e escolher diferentes itens", diz. E não são só os chefs que podem comprar. As louças de Davi também fazem sucesso em cozinhas de casas, que enfeitam ocasiões especiais.

 

Uma estrela da arte

Quem também faz sucesso no segmento é a artista plástica Célia Estrela. Diferente dos outros, Célia não usa cerâmica, mas sim porcelana para criar suas obras. "Eu sou autodidata e criei uma técnica só minha", explica. "A forma com que trabalho é tão diferente que as pessoas acham que os pratos são de cerâmica", diz.

 

Há mais de 20 anos na prática, Célia é figura conhecida na cidade. Em seu currículo, foi pupila de artistas como Gouvêa, freqüentando o seu ateliê por um ano, com quem aprende a liberdade da criação, do jogo de luzes e cores; Glênio Bianchetti e o italiano Sandro Galli, em Milão.


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}