GPS | DESIGN

Dica de expert

COLABORADOR Pedro Lira   
|   22/11/2017 20:00 ( atualizada 22/11/2017 20:00)   
FOTO Cesar Rebouças   
GPS|Brasília bate-papo com arquitetos e apresentadores do canal GNT sobre tendências para 2018

Quem aterrissou em Brasília para bate-papo animado com arquitetos da cidade foi o trio Rodrigo Béze, Carlos Carvalho e Caio Carvalho. Os cariocas, além de comandarem o Studio ro+ca, são apresentadores do programa Reforma de Casais, do GNT, e representam a nova geração de profissionais que estão dando o que falar.

 

O trio foi recebido por César Santos, que reuniu arquitetos e designers da cidade no auditório da Livraria Cultura, no CasaPark. O GPS|Brasília conversou com Carlos e Caio. Confira!  

 

1. Qual a principal tendência que a arquitetura reserva para 2018?

 

A principal novidade para o próximo ano é a moda agênero. Usamos na CasaCor e se mostrou uma forte tendência. Não só na arquitetura, mas também na moda. Não existe mais rótulos de feminino e masculino. Nós podemos fazer um quarto de bebê que serve para meninos ou meninas, uma apartamento para um casal hétero ou gay e até uma decoração que serve para homens solteiros ou mulheres solteiras.

 

2. E quanto a cor? Em qual as pessoas podem apostar no próximo ano?

 

Apostamos muito esse ano no rosa chá seco. Foi a cor de 2017. Estava presente na CasaCor Rio e SP, acho que vai continuar forte também no ano que vem. Nós apostamos muito nesse tom para móveis e a recepção foi incrível.

 

3. Vocês apresentam o Reforma de Casais, que aborda a briga de parceiros pela décor da casa. Qual conselho dão para os casados que estão pretendendo reformar?

 

Acredito que faz parte da convivência em casal equilibrar as coisas. O programa aborda exatamente esse atrito, mas na vida real não há isso. O conselho que nós damos é entrar em consenso. Usar cores, decoração e detalhes que agradem aos dois.

 

4. Como avaliam o mercado da arquitetura em 2017 e qual a previsão para 2018?

 

Financeiramente, foi um ano foi muito difícil em  todas as áreas! O Rio de Janeiro sentiu a crise depois dos outros estados porque ainda estava com os louros das Olimpíadas. A dificuldade na arquitetura também foi forte, mas nós driblamos isso e conseguimos aparecer bastante na mídia, trazendo novos projetos. Para 2018 as expectativas são boas! Acreditamos que em 2018 será melhor. Sentimos essas melhorias agora, às vésperas do final do ano.


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}