GPS | COTIDIANO

A bruxa está solta

COLABORADOR Thamara Maria   
|   31/10/2017 18:00 ( atualizada 31/10/2017 18:00)   
FOTO Cortesia/Reprodução   
Você sabia que existe bruxaria na cidade? No Halloween, GPS|Brasília fala sobre Wicca e suas tradições

Eis que ele finalmente chegou: é Halloween! A tradição celta se espalhou pelo mundo e, cada vez mais, chega com força total ao Brasil. Mas além das festas, fantasias, doces e impressões hollywoodianas que a maioria das pessoas têm, você já parou para pensar no que os bruxos de verdade fazem nesta data? Se a primeira coisa que vem à sua cabeça é um compilado de caldeirões, vassouras e roubar almas de criancinhas... Esqueça! O GPS|Brasília  fala sobre a religião Wicca e suas tradições.

 

Antes de começar, é importante dizer que a Wicca se divide em várias tradições, assim como a religião evangélica se divide em várias igrejas. As premissas e crenças básicas são as mesmas, porém, se diferenciam entre si. Os princípios básicos são: a crença em uma Deusa, que representa o caos, e em um Deus que veio dela e representa a ordem, dos quais o equilíbrio criou tudo que existe; a crença no eterno retorno, a reencarnação e a lei da imanência.

 

 

Em Brasília, uma das principais tradições é a Caminhos das Sombras. Mas não se assuste, não existe nenhuma referência dark na nomenclatura.  Acontece que uma das premissas do grupo é a busca do equilíbrio interno e externo e, entre luz e trevas, existe a penumbra. Então a sombra representa este equilíbrio. Já a palavra caminhos, no plural, significa que cada ser tem um caminho pessoal.

 

Mas, afinal, do que se trata a Wicca? Para Dimitrae Keetan, Alto Sacerdote da tradição aqui na capital, é uma religião de reconexão com o mundo. “É uma forma de ver as divindades em tudo que existe. De entender os Deuses através da conexão com a natureza e da observação dos ciclos dela”, explica. O bruxo também deixa claro que a crença não tem veia satânica, como muita gente costuma achar. “Nós não acreditamos em Cristo, logo, não acreditamos na existência de um Satanás, o que inviabiliza sermos satanistas. A bruxaria não tem ligação com o mal”, diz.

 

 

Na Wicca, o Halloween é chamado de Samhain e é a celebração da morte do Deus.  Ele é como se fosse o ano, que nasce no dia 21 de dezembro, vai crescendo com o passar do tempo, conhece a Deusa, a engravida e, nesta época do ano, morre. “Para nós, o Samhain é a virada do ano, em que se celebra o fim da roda”, explica o Sacerdote. Por conta disso, este é o período em que, pelo mundo, é comemorado o Dia dos Mortos.

 

São vários os costumes na data, como a corda de bruxa, que é uma trança feita de cordas que serve para trazer proteção para a próxima roda, e o bolo doce irlandês, que é uma espécie de “panetone” feito na celebração do Samhain. “São colocados vários símbolos dentro dele, cada um representando uma coisa. Quando você corta, o símbolo que estiver no seu pedaço representa o que você terá no próximo ano”, explica o wiccano. Também são feitos muitos trabalhos mediúnicos e leituras de oráculos. “Neste dia, o véu que separa o mundo dos vivos e dos mortos fica mais fino, então a comunicação com espíritos e deuses fica mais fácil”, conta.

 

Sacerdotisas na celebração de Samhain canalizando a energia da Deusa La Muerte e Dimitrae Keetan

 

Altar dos Ancestrais na celebração de Samhain, que ocorreu nos dias 27, 28 e 29, antes de receber as oferendas

 

Em Brasília

 

Na capital, a procura pela crença é cada vez maior. De acordo com o Alto Sacerdote, algumas vertentes da Wicca têm um local específico para celebrações, como um templo. Porém, este não é o caso da Caminhos das Sombras. “Nós acreditamos que a terra é nosso templo, a natureza é o templo dos Deuses. Logo, todo lugar é sagrado”, justifica.

 

Vale lembrar que quem quiser conhecer mais sobre a religião e seus costumes é sempre bem-vindo para participar como convidado. O grupo geralmente se reúne na casa de sacerdotes, que são bruxos já iniciados, ou em parques. “Um local em que nos encontramos muito é no Parque Olhos D’Água, na Asa Norte”, conta Dimitrae.

 

 

Serviço

http://www.caminhosdassombras.com.br/


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}