GPS | MODA

À Milanese

COLABORADOR Redação   
|   22/09/2017 19:34 ( atualizada 22/09/2017 19:34)   
FOTO Fotosite/Antonio Barros/Reprodução   
Semana de moda de Milão agita metrópole italiana com marcas como Prada, Armani e Gucci

Depois e São Paulo, Nova York e Londres, Milão marca a reta final das principais semanas de moda do mundo. A fashion week, que enrola os tapetes nessa segunda-feira, 25, apresenta alguns dos nomes mais aguardados do espectro, como Gucci, Prada, Armani, Moschino e outras etiquetas italianas queridinhas do universo de luxo. GPS|Moda ficou de olho nos primeiros dias de evento, e mais uma vez trás os principais espetáculos que marcaram o happeningAndiamo!

 

Laranja Mecânica

Embasada numa estética setenta-futurista, a Gucci continua apostando na maximização que tem feito dela uma das marcas mais centralizadas no espectro da moda atual. Brilho, textura e muita cor são pontos focais dessa nova fase imaginada por Alessandro Michele, que também mostra grande apelo pela plástica geek. Na passarela, pochetes e óculos oversized e meias usadas com sandálias mostram que as ugly trends, reinventadas com a ajuda da mão do diretor criativo da label, não planejam sair de moda tão cedo.

 

Prada is pop

Trabalhando num conceito típico da mente criativa dela, Miuccia Prada não trabalha como os demais artistas do meio - são sentimentos, vontades e referências diversas que permeiam a construção de uma coleção para a maison, e no final, o resultado é um copilado de ideias que traduzem a essência Prada. Para a linha de verão, a proposta foi pop, incorporando o universo das artes gráficas não apenas no cenário, fruto da colaboração de oito artistas diferentes, mas também no diálogo que as composições fazem com a atualidade. de contrastes entre o universo masculino e feminino.

 

Um corte é um corte

Moda elegante, clean, baseada em bons cortes e peças eternas - é assim que a Armani faz. Com alusões ao mundo artísco-comtemporâneo, o estilista reafirmou sua eterna alfaiataria com um perfume moderno e divertido, apostando em tonalidades saturadas e sobreposições inusitadas.

 

Material girls

Irreverente como só ele, Jeremy Scott não falha em alimentar a imaginação. Em seu sexto ano à frente da grife italiana, o estilista não se destranca das raizes oitentistas que compõem a moda divertida e exagerada da Moschino, e propôs, para o verão de 2018, composições que deixariam Madonna e Carrie Bradshaw muito satisfeitas. Do meio para o final, uma surpresa, as princesinhas biker se transformaram literalmente em flores, buques e borboletas - ironicamente compatíveis com a primavera que acabamos de adentrar por aqui, no hemisfério sul.

 

Karl comanda

Para o olhar comum, a coleção desfilada pela Fendi em nada representa a cultura caribenha. Mas no vocabulário de Karl Lagerfeld, o jogo de tons pastéis e formas geométricas introduz uma nova visão sobre o destino paradisíaco. Destaque para o cabelo, que ganhou corte unânime em todas as modelos, e coloração lúdica na franja “Sempre estarei animada com a Fendi”, compartilhou a modelo sensação Bella Hadid, em sua conta no Instagram.

 

De cabeça

Com um dos bordados mais celebrados do mercado, a italiana Alberta Ferreti nadou em novas águas em sua nova coleção. Abrindo a apresentação, uma beach wear minimalista e escura, que nada preparava o espectador para os suntuosos vestidos que estariam por vir. Contrastando, com tal estética, plumas e brilhos também tiveram parte no desfile, encerrado por versões glam do combo camisa + calça.

 

 

Rei dos prints

Estamparia, Pucci faz como ninguém. E para que mexer em time que está ganhando? A moda praia sempre foi o forte da grife, e para dar o ar de novidade da temporada, o truque foi uma borrifada de perfume vintage, e pitadas de toque retrô.

 

Ser chic é sexy

Roberto Cavalli é, em todas as linguas, a tradução literal de sensualidade. Entretanto, a volúpia escrachada característica da maison florentina veio atenuada. Poucos decotes, longos comprimentos e algumas transparências são o novo sexy imposto na coleção de verão, que oscila entre composições all black e candy color. Coques enxutos e minimalistas completam a estética chic, acompanhados de grandes brincos.

Simples e ponto

Clássico, moderno, forte. Assim, Max Mara apresentou os clássicos que toda mulher deve ter em seu guarda-roupas. O monocromático foi quase unânime, e a estamparia, direta e sem firulas.


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}