GPS | COTIDIANO

Design descomplicado

Sob o tema “Foco no essencial”, conheça os 43 ambientes da CasaCor Brasília 2017

A mostra de arquitetura e design mais aguardada pelos brasilienses já está prestes a começar! De 22 de setembro a 8 de novembro, a 26ª edição da CasaCor Brasília acontecerá no mesmo local do ano passado, na QI 9 do Lago Sul, e contará com 43 ambientes em uma instalação com nova roupagem, incluindo mais um andar de mostra.

Com o tema Foco no essencial, a mostra  propõe o “design mais perto das pessoas”, com projetos, soluções e ideias dos melhores profissionais do segmento, que levarão ao consumidor a preocupação com o design e sua função, forma, experiência e sobrevivência no cenário atual. Projetos, soluções e ideias que traduzem a valorização do simples e natural, representados em ambientes que refletem praticidade, conforto, inovação tecnológica, sustentabilidade, além da importância do contato com a natureza e, principalmente, da história e da memória de seus ocupantes.

Cerca de 70 profissionais renomados nacionalmente e jovens talentos da cidade participam desta edição, com espaços que criam experiências inspiradoras e apresentam as últimas novidades em móveis, objetos, revestimentos, cores e texturas, tendências do segmento de arquitetura, decoração, design e paisagismo, servindo ainda como importante plataforma para lançamento de produtos.

O GPS|Brasília mostra em primeira mão todos os ambientes da CasaCor 2017!

AMBIENTES

JARDIM DE ENTRADA –
Fábio Camargo
(imagem em destaque)

O paisagista Fábio Camargo assina o Jardim de Entrada da mostra. Com 400m²,   espaço, na concepção do profissional, é uma praça, um lugar de boas-vindas para recepcionar amigos. O local projeta o visitante para fora do caos urbano, com uma vegetação que serve de moldura para o bem estar. A interferência urbana e o futurismo de Giacomo Balla na arte italiana serviram de inspiração para o ambiente que possui tons de verde e nuances de vermelho, enfatizando a luz natural. Espécies como Nolina de grande porte, Pandanus utilis, Cica revoluta, Palmeira Washingtonia e capins se misturam a placas cimentícias, pisos drenantes e estruturas em ferro e madeira.

FACHADA IPÊ AMARELO – Daniela Rosa
(imagem em destaque)

A inspiração para a composição de cores dos Painéis Reverso da Fachada Microclimática, assinada por Daniela Rosa, é a floração dos Ipês Amarelos, presentes na memória dos brasilienses e na paisagem da cidade nesta época do ano. Com 400m², a Fachada Ipê Amarelo é composta por estruturas que dão a sensação de movimento. Os Painéis podem gerar vários fatores de luz e sombra, proporcionando uma redução do consumo energético, tanto com ar condicionado quanto com iluminação artificial. Entre as cores, o amarelo e o cobre que remetem aos tons produzidos pela estação da seca.

BILHETERIA/GALERIA MEIA 1 – Debaixo do Bloco Arquitetura



Estreante na mostra, o escritório Debaixo do Bloco Arquitetura assina a Bilheteria/Galeria Meia 1, de 105m². Elementos típicos de Brasília como concreto, linhas retas e o branco visto nas obras de Niemeyer dão destaque ao local, que busca valorizar a imperfeição, mostrando que são justamente as “falhas” que trazem autenticidade. O modernismo da capital e cidades que se transformaram sem perder sua história, como Berlim e Nova Iorque misturam o decadente e o luxo, sem ser ostentativo. A arte é a grande protagonista e se faz presente, também, no mobiliário brasileiro de alto padrão. O ambiente ainda resgata os elementos puristas da construção, revelando sua estrutura real. Entre as tendências apresentadas, Wabi-sabi (de origem japonesa, que aprecia a estética do despojamento, do rústico, do imperfeito e do natural). No espaço, obras do artista Christus Nobrega.

DO BRANCO AO CAOS – Studio AZ (Flávia Amorim e Renata Melendez)



Do Branco ao Caos
, assinado pelo Studio AZ (Flávia Amorim e Renata Melendez), homenageia e representa o atelier do artista plástico Marcio Rapello e é inspirado em uma grande tela de pintura. Móveis e materiais na cor branca receberam uma intervenção artística por meio da técnica Action Painting. O ambiente, com 63m², possui atmosfera industrial e oferece ao público uma experiência sensorial, envolvendo iluminação e sonorização automatizadas pela visualização da obra artística. A dupla de arquitetas usou, como referência, artistas do Gestualismo, como Pollock e Yayoi Kusama. O branco em suas diversas texturas e aplicações, aliado ao blackout com luz negra, causam dramaticidade ao espaço. Destaque para pincéis e tintas, presos por ganchos em uma grande tela metálica, desconstruindo o conceito de estante. Molduras de tela também foram utilizadas como luminárias, complementando a linguagem caótica da arte gestual.

RECANTO NA CHAPADA – Gui Rodrigues



Em homenagem à Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso, Goiás, o Recanto na Chapada, com 85m², tem assinatura do arquiteto Gui Rodrigues. Entre as tendências, o conceito de morar em um local onde os ambientes são interligados, não havendo distinção entre eles, tornando o lar mais dinâmico, vivo, prático e confortável. O Boho Chic também é presente no local, misturando o hippie, oriental, punk, romântico, country e vintage. Nas paredes, um tom alaranjado vivo, inspirado nas cores das estradas de terra batida das estradas das cachoeiras e trilhas. Ainda na cartela, verde e marrom, remetendo à natureza, que também é evidenciada em um jardim externo. O mix de culturas e estilos, as belezas naturais e o misticismo também estão presentes. Entre os materiais, madeira natural e elementos do artesanato local, como cristais e pedras, além de peças e tecidos rústicos.

STUDIO GOURMET – “ORAÇÃO AO TEMPO” – Studio Arch+ (Juliana Velloso, Laísa Figueiredo, Mariana Aguiar e Renata Vieira)



Com 109m², o Studio Gourmet – “Oração ao Tempo” celebra as companhias e o prazer de receber e conviver. Assinado pelo Studio Arch+ (Juliana Velloso, Laísa Figueiredo, Mariana Aguiar e Renata Vieira), o projeto segue a tendência de espaços integrados e multifuncionais, com cores neutras e revestimentos naturais. Peças de design nacional e mundial, clássicas e contemporâneas, ganham status de atemporais por sua importância, o que traduz o conceito de tempo, expresso na música de Caetano Veloso “Oração ao tempo”. No ambiente, revestimento de pedra natural e pintura especial artística nas paredes, além de madeira ripada. Mobiliário assinado por Guilherme Torres e peças das próprias arquitetas, além de obras de arte (quadros e esculturas), têm destaque no projeto.

ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA - SÓ REPAROS – Angela Castilho Arquitetura e Interiores (Angela Castilho e Alex Rodrigues)



Um retorno ao essencial, com um estilo mais limpo e leve. Esta é a proposta do Espaço de Convivência - Só Reparos, assinado por Angela Castilho – com 11 participações na CASACOR Brasília -  e Alex Rodrigues), do escritório Angela Castilho Arquitetura e Interiores. Com 160m², o ambiente teve inspiração nas construções da Grécia, da Toscana e das Savanas, de maneira chique, porém sem excessos. Sustentabilidade e simplicidade se misturam no espaço, sem perder o compromisso com a estética e com o aconchego. Acabamentos rústicos e elementos naturais se misturam às cores claras. Entre os materiais, bambu, linho, corda, sisal, fibras de bananeira e madeira.

LOFT CINEX – Ney Lima



Inspirado nos lofts nova-iorquinos com pegada industrial, o Loft Cinex é assinado pelo renomado arquiteto Ney Lima. Cores quentes e vibrantes se misturam aos materiais rústicos das paredes, ao cimento queimado e aos painéis de vidro com textura de mármore de alta tecnologia. O vidro, inclusive, é o grande destaque do espaço de 184m² e aparece, também, em bancadas e com leve textura de tecido. O piso de madeira em escama de peixe e painéis de alumínio cortén também chamam a atenção. No ambiente, obras de arte em cerâmica da artista plástica Ieda Jardim e imagens do renomado fotógrafo Gabriel Wickbold, além de móveis de designers brasileiros, como Sérgio Rodrigues e Jader Almeida.

SPAZIO NATUZZI – MAAI Arquitetura (Arnaldo Pinho, Isabel Veiga e Monica Pinto)



Um ambiente onde todas as linhas se cruzam, se misturam, se encontram. Este é o Spazio Natuzzi, concebido pelo trio de arquitetos Arnaldo Pinho, Isabel Veiga e Monica Pinto (MAAI Arquitetura). Com 200m², o projeto aposta em drinks and music para reunir amigos. Móveis de couro italiano que remetem ao universo masculino e materiais de alto desempenho acústico imprimem conforto e modernidade. A ideia é resgatar as residências de antigamente, com um bar em casa. No local, um balcão e uma bandeja de 2,5 metros, além do paisagismo de Marina Pimentel (CP Paisagismo), com diferentes tipos de cactos. Destaque para a estante em chapas de aço e o painel com revestimento desenvolvido pelo próprio trio de arquitetos, chamado “Painel MAAI”, que reveste uma das paredes.

GRAN LIVING– Walléria Teixeira



Com 20 participações na mostra, a arquiteta Walléria Teixeira assina o Gran Living, um ambiente corporativo que reproduz o living (salas de estar e jantar), varanda e lavabo do empreendimento Reserva Biografia, localizado no Setor Noroeste. Móveis com assinatura brasileira (Sérgio Rodrigues, Jader Almeida, Marcus Ferreira, Carlos Motta e o também arquiteto e participante da CASACOR, Leo Romano), funcionalidade, materiais naturais, arte e objetos de design, características do trabalho da profissional, permeiam o espaço que apresenta uma linguagem contemporânea e limpa, e utiliza as cores cinza e preta, com toques de dourado nos adornos e nas luminárias decorativas. Palha, madeira, tecido e mármore foram utilizados no local que traz espelhos nas paredes e jardins suspensos em forma de mandala (assinatura da Encanto Verde Paisagismo). Na parede, fotos de trabalhos recentes do fotógrafo Marc Oller. Obras de arte de Siron Franco, Burle Marx e adornos assinados completam a atmosfera cosmopolita e aconchegante.

SALA DE BANHO
– STUDIOPIPPA



A Sala de Banho apresenta a forte tendência do Minimalismo. Assinado por Priscila Gabriel, que coordena o escritório STUDIOPIPPA, o ambiente (com 78m²) aposta no atemporal, com uma arquitetura silenciosa, que busca traduzir e valorizar a experiência do banho de forma sensorial e natural. São poucos os revestimentos utilizados, pois a ideia é focar o neutro. Destaque para o lava-pés, um verdadeiro convite ao relaxamento.

UNDER GARAGE RENAULT – Miguel Gustavo



Inspirado nos metrôs nova-iorquinos, com iluminação impactante e com uma pegada urbana, o Under Garage Renault apresenta um espaço moderno e masculino. O arquiteto e design de interiores Miguel Gustavo utiliza elementos como telas com chapisco na parede, neons, máquinas de fliperama e tijolos cerâmicos (azulejos dos metrôs) para criar a releitura de um ambiente under no projeto que possui 150m². O grande destaque vai para o lançamento da Renault, o Captur, em exposição no ambiente com obras do artista plástico Marcelo Solá.

ESPAÇO DO CHEF - SÃO GERALDO – Dora Lettieri e Giovanini Lettieri



Localizado no Centro da CASACOR Brasília 2017, o Espaço do Chef – São Geraldo, com 270m², é uma criação do arquiteto Giovanini Lettieri e de sua mulher, Dora Lettieri, designer de interiores.  A Cozinha do Chef foi idealizada para receber os convidados com conforto e aconchego. O espaço de convivência faz uma conexão com a natureza ao abrigar um jardim para lazer e encontro com os amigos. A atmosfera urbana se destaca nos revestimentos e na ampla variação de efeitos, texturas e cores. A sofisticação se faz presente nos azulejos polch glass, em tom dourado, e na parede com perfis metálicos na cor bronze, em contraste com o porcelanato que imita o concreto aparente. O piso marcado por ladrilho hidráulico e os tijolos neobrick dão um ar contemporâneo e surpreendente à cozinha.

JARDIM DO CHEF – Marina Pimentel



O Jardim do Chef foi inspirado nos jardins contemporâneos. Assinado por Marina Pimentel da CP Paisagismo em sua terceira participação na mostra brasiliense, o ambiente possui vegetação nobre em linhas retas e simples, com contrastes nas cores, texturas e formas. Destaque para a parede de espelho, cascas de ávores e os característicos cobogós tão presentes nas construções originais de Brasília, além de peças ornamentais geométricas, que formam esculturas e proporcionam identidade e estilo ao espaço. A vegetação pouco densa dá leveza ao ambiente com 130m².

VINHO E PROSA LOUNGE – Albuquerque e Peres (Hélio Albuquerque e Sonia Peres)



Encontros acompanhados de um bom vinho foram a inspiração para o espaço Vinho e Prosa Lounge, dos arquitetos Hélio Albuquerque e Sonia Peres. O ambiente de convívio gastronômico tem 110 m² e foi idealizado para que a interação entre as pessoas aconteça de forma natural, em um ambiente sem barreiras físicas nem sensoriais, integrando cozinha, estar e varanda. O piso de cimento queimado (red cement floor) chama a atenção e dá o toque de modernidade ao ambiente, decorado com uma tela de Taigo Meireles. A cozinha no estilo antique tradizionale, acomodada em destaque junto ao estar, torna a integração agradável e acolhedora, um verdadeiro convite para chegar, ficar, degustar e desfrutar o “essencial”.

BIBLIOTECA E GALERIA DE ARTE DA FAMÍLIA COLECIONADORA – Studio   AJT (Aline Barros, Julyanne Alves e Thais Rodrigues)



Vencedoras da Maratona Archathon Brasília 2017, realizada em parceria com a CASACOR Brasília, Aline Ferreira, Julyanne Alves e Thaís Rodrigues (Studio AJT) assinam a Biblioteca e Galeria de Arte da Família Colecionadora. Com 89m², o projeto foi inspirado nas artes e nos sentidos. A ideia é proporcionar ao público uma experiência única, com tato, visão e diferentes sensações, aflorando os sentidos do espectador. Texturas brutas, cimento, serralheria, materiais aparentes, luz, sombra e cores inusitadas valorizam as obras de arte expostas. Mobiliário de design nacional e um banco desenhado pelo trio de arquitetas se misturam às diversas peças de sete artistas diferentes (Nancy Safatle, Tuca Morhy, Donizetti Garcia, Jaqueline Eickhoff, Sheila Tapajós, Pompéia Cascão e Mauro Laforga).

LAVABO PÚBLICO – Mariana dos Santos



O Lavabo Público, idealizado pela arquiteta Mariana dos Santos, ocupa uma área de 16m² e foi imaginado para dar praticidade ao ambiente, composto por gabinetes separados, porém integrados. O grande destaque do projeto é o lavatório, com uma parede curva revestida com papel de parede. Duas cubas redondas de apoio na cor Gray Stone, descansam sobre totens cimentícios, emoldurados por espelhos pendendo do teto. O ponto forte da decoração está na utilização de materiais neutros e atuais. As portas revestidas de lâminas de MDF estão em harmonia com os materiais brutos das paredes perimetrais em concreto e com o cimento queimado do piso. Solto das paredes por uma sanca iluminada, o forro em madeira suaviza as diferentes texturas utilizadas. O mural com arte de diversos autores traz personalidade e magia ao espaço.

CONSULTÓRIO DO CABELO Simmetria Arquitetura (Gustavo Assunção, Laura Oliveira e Sergio Peres)



Os arquitetos candangos Laura Oliveira, Gustavo Assunção e Sergio Peres, da Simmetria Arquitetura, criaram o Consultório do Cabelo, ambiente de 70m2 que traz uma clínica dermatológica com foco em tratamentos capilares de última geração. O design paramétrico foi a inspiração para o projeto moderno e futurista, sem abrir mão da funcionalidade. Os profissionais apostaram no estilo concreto aparente, com destaque para o piso de porcelanato que segue a mesma tendência. O aspecto de aço cortén contrasta com a rigidez dos volumes geométricos das paredes e teto. Destaque para as bancadas e balcão da recepção, em corian. O ambiente apresenta as últimas novidades da área dermatológica dos médicos Barbara Uzel, Leonardo Abraham, Patrícia Damasco e Sofia Sales, homenageados pelos arquitetos. Para trazer mais dinamismo e interação para os visitantes da mostra, o espaço foi equipado com máquina da FotoFinder, que vai demonstrar a realização do exame de Tricologia para os interessados. A ideia é que o público da mostra confira não apenas o projeto arquitetônico, mas também a realidade de uma clínica dermatológica.

GALERIA DE ARTE – Patricia Flores e Wanessa Rosa



A designer de interiores Patricia Flores e a arquiteta Wanessa Rosa assinam a Galeria de Arte. O espaço de 36m² foi inspirado na Galeria Leme, em São Paulo.  Uma caixa de concreto armado aparente traz a identidade do projeto, que é simples e refinado ao mesmo tempo. O estilo urbano e industrial se faz presente no teto com vigas aparentes e estruturas metálicas como suporte para a iluminação. O uso da cor preta proporciona um ar dramático e cenográfico, destacando as obras expostas no local, todas de artistas de Brasília. A curadoria é de Francisca Gurgel, da Galeria Arte em Pauta que reuniu trabalhos dos artistas Donizetti Garcia, Jaqueline Eickhoff, Mauro Laforga, Nancy Safatle, Pompéia Cascão, Sheila Tapajós e Tuca Morhy.

CASA BRASÍLIA – Leo Romano



A atual situação política do País foi o ponto de partida para a concepção da Casa Brasília, espaço com 120m² de autoria do premiado arquiteto Leo Romano. O layout traduz os espaços de convívio de uma casa, com sala de estar e jantar. A arte e o design dão força ao projeto que aponta, com poesia, música e imagens, o caminho para a conscientização e transformação humana. Os tons da cédula de 100 reais definem a paleta de cores, numa alusão à ganância do homem em busca do enriquecimento. O cinza e o azul estão presentes nas superfícies dos móveis, paredes, piso e teto. Peças de Jorge Zalszupin dialogam com Carlos Mota, Sérgio Rodrigues e do próprio arquiteto. Mais uma vez, a artista Iêda Jardim é convocada para participar com os objetos de arte, que acabam por ser os elementos capazes de despertar o conceito pretendido por Leo.


LAVABO DA CASA – Priscila Mantelli Machado



Priscila Mantelli Machado assina o Lavabo da Casa, com 18m². A proposta é o foco no essencial, sem ser básico. Uma das tendências apresentadas é a da contemporaneidade dos elementos geométricos. A base do projeto é a geometria dos elementos sobrepostos, como revestimento 3D em pedra natural e estrutura metálica com design linear. Outra tendência é a decoração afetiva, onde elementos recordam memórias, no caso telas e esculturas, além de uma releitura no papel de parede e cortinas. A ideia é quebrar o conceito de que o lavabo deve ter tamanho reduzido. No espaço, a união do vaso e bidê em uma só peça. Entre os materiais, pedra, couro, madeira e cortina metálica. Telas da fotógrafa Fernanda Naman e esculturas estão presentes.

SALA ÍNTIMA – Paloma Ávila



Estreante na CASACOR Brasília, a designer de interiores Paloma Ávila assina a Sala Íntima da mostra. Com 36m², o espaço foi idealizado para favorecer a reflexão e contemplação. Paredes repletas de quadros e fotografias transformam o tradicional lugar de encontro familiar em uma moderna galeria de arte. O estilo contemporâneo aparece no painel de espelho fracionado em bronze, na parede com jardim vertical e na parede em cimento queimado. Madeira e concreto se misturam aos tons preto e bronze. O som ambiente automatizado e uma lareira complementam o projeto. O local não possui TV, pois a ideia é um ambiente que integre a família. Destaque para a obra do fotógrafo Kazuo Okubo, que foi fracionada em 77 peças em metacrilato. As muitas partes da foto, em conjunto com os múltiplos espelhos do painel e as várias faces da estante, simbolizam diversos pontos de vista do espectador.

O MUNDO DE SOFIA – Carol Montiel e Raphaell Cruz



O designer de interiores Raphaell Cruz e a arquiteta Carol Montiel uniram seus talentos para formar o espaço denominado Mundo de Sofia, que homenageia o casal de noivos Isadora Campos e Jorge Paulo Palhares. Com 30m2, o ambiente retrata um quarto de bebê onde a delicadeza e o aconchego do Provençal recebem toques neoclássicos, com destaque para elementos que remetem à natureza e ao natural do Rococó.  A palha natural com pintura dourada e os papéis de parede com temas floral, pedra natural, linho e outros materiais que remetem a pinturas manuais, harmonizam com o mobiliário de madeira maciça, entalhado a mão por artesãos, finamente decorado com enxoval de tecidos de puro algodão e rendas importadas.  O projeto, contemporâneo, foi pensado para total integração dos pais com o bebê, sem abrir mão da sofisticação e praticidade.

ESCRITÓRIO INTEGRADO – Trabalho, leitura, reflexão e encontro – Ângela Cambraia



Ângela Cambraia assina o Escritório Integrado –Trabalho, leitura, reflexão e encontro, com 70m². O projeto foi inspirado em uma praça particular. As duas colunas já existentes no local são o grande destaque, e aparecem como árvores conceituais que sombreiam o pequeno espaço do café, ideal para promover o encontro entre as pessoas. O verde está presente em um jardim interno, com vasos de plantas que permeiam todo o ambiente. Um balanço solitário convida à reflexão. Elementos naturais como tijolo, madeira, corda, palha e couro remetem à natureza.

STUDIO DA DIGITAL INFLUENCER – Maria Batista



O estilo de vida atual, ao mesmo tempo despojado e antenado, dá forma ao Studio da Digital Influencer, projetado pela arquiteta Maria Batista. Distribuído em 36m2, o espaço interativo tem como destaque o piso em resina líquida, que traduz modernidade ao ambiente composto por detalhes em pedras e tecidos.  No Studio, o visitante é a estrela: pode sentar em uma poltrona assinada por uma designer brasileira, fazer uma selfie no modelo “estúdio fotográfico", composto por uma luminária de piso, ou ver-se refletido no quadro de Audrey Hepburn, ícone do cinema mundial. Um letreiro com o símbolo de “Curtir” remete ao mundo das redes sociais, espaço de domínio das digital influencers, que ditam moda para milhões de seguidores.

SUÍTE DO CASAL – Alessandra Moussa, Cristiane Moussa e Daniela Bakker



O conceito minimalista marca a Suíte do Casal, espaço de 65m² de autoria das engenheiras com especialização em arquitetura de interiores e luminotécnica Alessandra e Cristiane Moussa, e da arquiteta Daniela Bakker. O projeto foi inspirado nos casais jovens, que priorizam conforto e convivência. A sustentabilidade é o foco do ambiente que utiliza lâmpadas de LED, madeira de reflorestamento e chuveiros econômicos. A lareira ecológica é abastecida por álcool ou etanol, que não requer instalação de coifa. Os alto-falantes ocultos dão o toque de tecnologia, sem interferência estética. Prevalecem os tons de cinza. O projeto prioriza o uso de materiais naturais como madeira, mármore e linho, e o mobiliário de design nacional. Destaque para o banco Doop, vencedor do prêmio iFDesign Awards, a poltrona e o pufe Torino, do designer Ronald Sasson, e as mesas laterais Loma e Moriá da Lattoog recebem atenção especial.

REFÚGIO DA FAMÍLIA – Renata Ciccarini e Vilmara Januzzi



O Refúgio da Família, assinado por Renata Ciccarini e Vilmara Januzzi, é um Family room criado para que as pessoas possam se divertir sem uso da conectividade, investindo em jogos de tabuleiros e um bom papo. O cinza é o tom predominante do espaço de 70m2, presente no papel de parede, tecidos, piso e mobiliário, que se destaca no estofamento do teto com luz. O toque de cor está presente nas obras de arte e cortinas azul Tiffany. Buscando o resgate dos momentos de integração entre a família, a dupla de arquitetas apostou em um pote na entrada da sala para que nele se depositem celulares e tablets. Nessa mesma linha, os visitantes podem escrever um postal que será enviado ao destinatário, valorizando o palpável, e não o virtual. O deck em madeira com futons e lareira é mais uma investida para focar no “estar junto’”.

ATELIER DOMINGO – Domingo Arquitetura e Design Estratégico (Dimitri Lociks, Gustavo Goes e Simone Turíbio)



A Domingo Arquitetura e Design Estratégico assina o Atelier Domingo, com 63m². A ideia é um projeto repleto de novas tecnologias e aparatos que, ao longo dos anos, têm mudado o processo de executar design e arquitetura. Comunicação visual e decoração interativa, com uso de impressora 3D, são as grandes tendências apresentadas pelo trio de profissionais. O público poderá modelar vasos por meio de um aplicativo super intuitivo. Estes poderão ser impressos em seguida, ganhando formas reais. Cobre, MDF, lonas, alumínio e pedra são alguns dos materiais presentes no espaço. O piso em porcelanato ganhou uma paginação geométrica de padronagem exclusiva ao terminar em um cimento queimado pigmentado em tons harmônicos. O teto, em alumínio dourado, assim como a estante, são criações dos profissionais que têm um forte trabalho de design para mobiliário.

LOFT DOS NOIVOS – Gabriela Matos, Marcelle de Castro e Vanessa Von Glehn



Gabriela Matos, Marcelle de Castro e Vanessa Von Glehn assinam o Loft dos Noivos, com 54m².  A proposta é de um espaço contemporâneo, com conforto e funcionalidade, e que abriga as necessidades essenciais de um jovem casal de noivos, amantes de design e arte. O trio aposta na tendência do minimalismo, seguindo a premissa do “menos é mais”, em um estilo clean e com foco no que é essencial em um lar. São três áreas principais: copa, estar e cozinha integrados e suíte. Esta última abriga quarto, escritório, banheiro e lavanderia embutida. Há, ainda, um local planejado para o “pet” do casal. Móveis de design nacional, azulejos do artista plástico João Henrique e obras da artista plástica Regina Cheida dão charme ao ambiente. As arquitetas homenageiam o estilista Fernando Peixoto que assina um vestido de noiva exclusivo para o espaço.

LOUNGE DA ANFITRIÃ – Marcos Dourado e Patrícia Tavares



A dupla Patrícia Tavares e Marcos Dourado assina o Lounge da Anfitriã. Com 77m², o ambiente foi inspirado nas roupas e no estilo de vestuário da it girl brasiliense Isadora Campos. O metal é o protagonista do espaço e se destaca em uma ousada trama sobreposta ao teto. Outros materiais como couro, madeira e pedra também estão presentes. Telas dos renomados artistas Marcelo Solá e Francisco Galeno dão ainda mais exclusividade ao ambiente.

POESIA EM RÓTULOS - TRAAMA Arquitetura e Design (Amanda Saback e Ana Luiza Veloso)



Com 57m², o living Poesia em Rótulos foi pensado para promover a interação entre as pessoas. Assinado por TRAAMA Arquitetura e Design (Ana Luiza Veloso e Amanda Saback), o local evidencia a qualidade dos momentos de convivência, com uma proposta clean e tons neutros.  Os materiais são clássicos, como o mármore e a madeira. A cor gold, tendência internacional, também se faz presente. Destaque para a adega que envolve o Pilar, peça criada pela dupla de arquitetas, que possui tubos de metal também em tom dourado.

LOFT DO CASAL MODERNO - Cybele Barbosa + Arquitetos Associados



Um espaço para um casal que visa a praticidade no dia-a-dia, aprecia boa arte e se conecta com as novidades do mundo atual. Este é o Loft do Casal Moderno, assinado elo escritório dirigido por Cybele Barbosa. Com 130m², o ambiente explora as cores rosé, gold e uva e os materiais como madeira, concreto, mármore e aço.  Peças assinadas por designers e obras de arte de diversos artistas chamam a atenção. Destaque para a Corian charging surfasse, uma tecnologia para carregar celulares e tablets, e para um sistema de projeção de imagem que pode ser utilizado em ambientes com alta luminosidade.

GPS POINT – George Zardo e Júlia Zardo



A dupla Júlia e George Zardo assina o GPS Point, com 180m². O espaço possui quatro ambientes: home, jantar, bar e cozinha e aposta em um estilo contemporâneo, com móveis de design arrojado. A ideia é um local que permita o lazer do morador e de seus convidados. Chama a atenção uma grande instalação em madeira, além de uma escultura com desenho orgânico que cobre o teto do Home e desce em uma divisória vazada, colaborando com uma melhor acústica. Outro destaque é o piso de madeira com várias tonalidades e desenhos diagonais, como antigos tacos. O uso do concreto também está presente no projeto. Os arquitetos homenageiam a Revista impressa e virtual GPS Brasília.

CASACOWORKING- BORAnaOBRA (Rafaella Vieira e Alex Brasileiro) e Interiores na Prática (Luciana Lopes e Alexandre Rocha)



A CasaCOworking é um projeto conjunto de Rafaella Vieira, Alex Brasileiro, Alexandre Rocha e Luciana Lopes, idealizadores do BORAnaOBRA e Interiores na Prática, canais da Internet que ajudam profissionais no Brasil a vencerem dificuldades no início de suas carreiras. O ambiente de 128,50m² buscou referências em locais de trabalho despojados e colaborativos, como a sede do Google. O estilo industrial está representado nos blocos de concreto aparente, reboco rústico, telas metálicas, eletrocalha aparente, revestimento 3D e pilares demolidos. Os quadros que alternam imagens com projeção mapeada, a arte em grafite e os balanços de rede completam o projeto moderno e remetem à era da inovação tecnológica. O ambiente composto por lounge, redário e um café, possibilita um networking descontraído e interativo. Os arquitetos inspiraram-se no conceito do “menos é mais”.

LOUNGE BRASÍLIA – Larissa Dias



A arquitetura e a história de Brasília inspiraram o projeto Lounge Brasília, espaço com 320m2 da arquiteta Larissa Dias. O ambiente, moderno e contemporâneo, expõe uma maquete de Brasília com a marcação de painéis fotográficos. Traços retos aparecem na sequência de pilares de aço cortén, criando a sensação de infinito, e os tablados lembram os bairros setorizados da cidade. O jardim delimitado por formas curvas transmite aconchego. As paredes e teto chapiscados na cor de concreto, polares redondos de aço cortén, esquadrias de ripado de madeira, o piso em cimento queimado, as tubulações elétricas aparentes em eletrodutos e a parede encrustada por uma malha quadriculada de aço cortén no chapisco, dão ao ambiente um ar industrial. Destaque para o mobiliário, com peças de designers famosos da época da construção da cidade, e para os quadros do artista Márcio Rapello.

LAVABO RAÍZES – Studio Orla por Isabella Souza



Assinado por Isabella Souza, criadora do Studio Orla, o Lavabo Raízes, com 35m², foi inspirado no tema “Foco no Essencial” e exibe a essência do ambiente por meio da eliminação de supérfluos. Os diferentes tons de marrom são predominantes e estão associados à terra e à natureza, além de transmitirem uma sensação de calma e conforto físico quando utilizados na decoração. O local, que é unissex, possui apenas um painel delimitando os espaços sem demarcar áreas isoladas, permitindo integração e livre circulação. Destaque para o revestimento chanfrado cinza no painel principal e para o banco criado exclusivamente para o ambiente, assinado pelo designer Danilo Vale.

PRAÇA DO ENCONTRO – Flávia Ogata e Fernanda Ogata



Com 215m², a Praça do Encontro, assinada pelas paisagistas Fernanda Ogata e Flávia Ogata, é inspirada na simplicidade das formas geométricas, com contraste de formatos, materiais e volumes. Destaque para a espécie vegetal Dietes iridioides (moréia branca) no jardim vertical, contrariando o senso comum de que apenas plantas pendentes podem ser usadas nesta estrutura. Chama a atenção, também, uma escultura do artista plástico brasiliense Sanagê. Blocos de concreto, vasos geométricos, madeira de reflorestamento e ferro se misturam às variadas plantas do local de forma minimalista e contemporânea.

CAFÉ – Camila Tiveron e Karina Rocha



Camila Tiveron e Karina Rocha assinam o Café da mostra, com 152m². A ideia é conectar São Paulo com Brasília. A capital paulista fica mais em evidência na área do café, já a nossa cidade aparece na área de estar inspirada no céu, representado por imagens e telas do artista Daniel Mansur e pelo mobiliário. Os espaços são unidos por um rebaixo de gesso. O local possui poltronas e sofás que trazem uma atmosfera intimista com o conforto de uma sala de estar de casa. Destaque para o painel madeirado, que segue a linearidade da construção e envolve a área do balcão apresentando nichos abertos para exposição de produtos do Ernesto Café Especiais. O balcão de atendimento é o coração do projeto. Ele apresenta uma linguagem neutra, com tampo em quartzito cinza e cimento queimado. Está localizado no centro, privilegiando a funcionalidade do ambiente.

PIZZA BAR– Studio Gontijo Arquitetura e Interiores



O Studio Gontijo idealizou o Pizza Bar. O espaço de 140m², que abriga as famosas criações da chef Narciza Leão da Pizza Parque, foi criado por mulheres e para mulheres, com tendências que remetem a elas, as grandes homenageadas. O cobre, em diferentes e inusitadas formas, é o protagonista do projeto. Um deck de plástico reciclado no teto chama a atenção. A ideia é mostrar que, independente do material utilizado, o local pode ser equilibrado, harmônico e elegante. Destaque para o brise de cobre na fachada principal, para a parede com a planta Barba de Velho e para o grafite que se estende por toda a parede principal do projeto, criação e execução da artista brasiliense Camila Siren.

LOCAL INCOMUM - RESTAURANTE COM VARANDA – Alf Arquitetura



Com 156m², o Local InComum abriga o restaurante da mostra. O ambiente, criado pelo escritório Alf Arquitetura, é intimista, mas ao mesmo tempo favorece a integração entre o público. A decoração é atemporal, moderna e arrojada, e ressalta a pluralidade do ser humano. O mobiliário leva assinatura de renomados designers brasileiros, como Guilherme Torres e Marcelo Ligieri. Esculturas que flutuam pela entrada, são do renomado artista brasiliense Sanagê. Destacam-se também painéis acústicos inspirados em Brasília, uma varanda com piso em madeira, um palco no meio do restaurante e imagens com rostos de diversas etnias do mundo. O homenageado é o próprio chef que assina o menu, Paulo Tarso do restaurante Mosaico.

LOUNGE RESORT – Lídia Branquinho e Marcus Leite



Lídia Branquinho e Marcus Leite assinam o Lounge Resort da mostra. O espaço, de 104m², tem inspiração nas tendências do Salão de Milão deste ano, com tons dourados, serralheria, mix de texturas e verde, presente na estampa de folhagem do revestimento de parede. Destaque para a lareira, que agrega charme ao lounge de um hotel de luxo. O verde escuro como cor predominante e a madeira em tom cru se misturam aos jardins verticais do ambiente e às obras do artista Marcus Camargus que assina, também, um painel em toda uma parede. No mobiliário, algumas peças assinadas pela dupla, como o buffet, uma mesa lateral, prateleiras, mesas e cadeiras. O arquiteto e designer Paulo Alves também possui móveis de sua criação no local. Chama a atenção, ainda, a paginação com frisos metálicos em dourado, customizados durante a obra.

CASA NA PRAIA – Beta Pollis e Roberto Pollis



Sentir-se na praia, bem no meio do Planalto Central.  Essa é a sensação que a arquiteta Beta Pollis e o engenheiro Roberto Pollis querem provocar ai visitante da Casa na Praia. Com 212 m², o projeto ressalta a praticidade, a saúde e o bem-estar proporcionados pelo contato com a natureza. A sustentabilidade está presente nos detalhes do banheiro, em jequitibá, e no uso do bambu (obra do artesão colombiano Pablo Martinez).  Um mix de revestimentos e o piso vinílico completam o ambiente.  A tecnologia está presente na bancada de Corian, com sistema de carregamento de celulares por indução, e na iluminação, que mostra o efeito da luz, mas não se vê de onde ela vem. As aquarelas de Camila Diógenes e as fotografas de Daniel Laviola têm lugar de destaque no projeto, que ganha realismo numa enorme tela de projeção.

ESPAÇO SEBRAE - DAS Arquitetura por Denis Alves Sarges



Com 84m², o já tradicional Espaço SEBRAE da mostra, este ano, tem inspiração nas riquezas minerais do Brasil, principalmente o ouro. Assinado pelo arquiteto Denis Alves Sarges – com 11 participações no evento -, o ambiente traz acabamentos em tons dourados, apresentados em Paris. Destaque para os efeitos de parede, desenvolvidos com exclusividade pelas artistas plásticas Sabrina Najar e Cindy Reis, além de um painel retratando o Cerrado, criado pelo designer gráfico Estevão Mendes. O mobiliário em ferro tem assinatura do próprio Denis. Folhas de Costela-de-Adão em metal, assinatura do artesão Ramon Rocha, preenchem o pilar central do local. O espaço homenageia os artesãos do país.


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}