GPS | BEM-ESTAR

Barba x saúde

COLABORADOR Redação   
|   14/07/2017 16:26 ( atualizada 14/07/2017 16:26)   
FOTO Reprodução   
Barba sempre feita? Dermatologista alerta para problemas causados pelo constante barbear, como a foliculite

Não é segredo que, quando o assunto é depilação, a vida dos homens tende a ser mais fácil do que a das mulheres. Sem a obrigação social de manter a pele lisa, a sociedade masculina acaba por não entender tanto sobre os malefícios da lâmina na pele. É o caso de quem precisa estar sempre com a barba feita e sofre de um mal chamado foliculite: pequenos poros vermelhos e inflamados na região do rosto e pescoço.

 

A falta de tempo  torna muito comum o uso das lâminas e aparelho de barbear como principal método de depilação. O que num primeiro momento resolve de imediato o problema, acaba gerando cortes, pelos encravados e a temida foliculite.  Isso sem contar no escurecimento de áreas que de tanto terem que conviver com esse processo de irritação constante, acabam manchando.

 

Segunda a dermatologista e sócia da D'Laser, Clarissa Borges, nove a cada dez homens sofrem desse mal. "Até mesmo os homens que usam barba, seja curta ou no estilo lenhador, precisam fazer o acabamento e detalhar. Logo, estão sujeitos a agressão das lâminas", diz.

 

"A lâmina tira a camada córnea da pele, responsável pela proteção dos tecidos. Então, quando a barba nasce de novo, cerca de três dias depois, a pele já está irritada e gera as bolinhas inflamadas", explica Clarissa. "A solução para isso é manter a barba hidratada e diminuir o ato de barbear."

 

 

A foliculite pode atingir pessoas de qualquer idade, sendo mais comum o aparecimento na barba, no caso dos homens que se barbeiam com frequência. Para solucionar o problema, muitas pessoas optam pelo procedimento a laser. Em geral, a depilação a laser é a forma mais utilizada e a mais eficaz para tratar o problema. O laser elimina a maior parte dos pelos, diminuindo a espessura dos fios e evitando problemas inflamatórios.

 

Logo, para os que trabalham em locais formais e preferem manter uma aparência mais clean, a solução é tirar de forma definitiva a barba. "Existem tratamentos para eliminar a foliculite, mas nenhum é tão eficaz quanto o laser", explica a especialista. "Cada pessoa tem um tipo de pele e barba, mas a depilação a laser já elimina grande parte dos pelos na primeira sessão". A média é entre oito e dez para que se alcance o efeito almejado.

 

Como evitar

 

Se você ainda não sofre com a foliculite, é hora de tomar medidas para garantir que ela não apareça. Procure evitar roupas muito justas sempre que possível. Na hora de dormir, principalmente, busque peças soltas e arejadas.

 

A higiene é fundamental para manter vírus, bactérias e fungos bem longe. Se for se depilar em casa, mantenha os equipamentos limpos e guarde-os em local fechado e seco. Se você se depila e barbeia no salão, tome cuidado para que o profissional utilize equipamentos esterilizados ou descartáveis.


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}