GPS | DEGUSTAÇÃO

Prazer, Leo

Esqueça a gastronomia paraense. Leandro Nunes extingue o Jambu, se reinventa e apresenta seu mais novo restaurante

A expectativa em torno do novo restaurante de Leandro Nunes é grande. Decidido a transformar completamente sua carreira e deixar de ser vinculado apenas à gastronomia paraense, o chef começou toda a reformulação da casa. Quem passar pela Vila Planalto, já poderá ver que o letreiro com o nome Jambu já foi retirado e que a obra segue a todo vapor. A fachada, em breve, ganhará um novo nome. Quer saber qual é? GPS|Brasília conta em primeira mão.

A casa será batizada de Leo. Forma criativa que o chef encontrou para expressar a intimidade do sharing, feito frequentemente com os melhores amigos e familiares. Nada por lá será parecido com o antigo Jambu. A decoração clean vai ser substituída por grafites feitos pelas mãos do artista Mikael Omik. Cadeiras coloridas, mesas próximas umas das outras e muita informalidade. Até agora, a cor que entrará no lugar do conhecido laranja de sua fachada ainda não foi escolhida.



A fachada será repaginada e irá ganhar novo letreiro

 

O conceito também será diferente. "Observava meus clientes pedindo três, quatro pratos à la carte, e um ficava experimentando o do outro. Foi assim que tive a ideia de repaginar completamente a casa e o meu cardápio com opções que podem ser compartilhadas”, explica o chef. De acordo com ele, o objetivo é que os frequentadores peçam de quatro a sete pratos, divirtam-se e compartilhem da mesma experiência gastronômica. Uma comunhão à mesa.

Esqueça a entrada e o prato principal. “O cliente chega e seleciona quantos pratos quiser, e se em algum momento eles ficarem satisfeitos e não tiverem terminado a seleção, podem cancelar o resto dos pedidos”, conta. Além disso, outra forma divertida que Leandro encontrou para esse novo conceito é a ordem crescente tanto da temperatura, quanto do tamanho do que será servido. Frio, morno, quente. Pequeno, médio, grande.

Sobre o cardápio, Leandro diz que ainda está em fase de finalização, mas promete reformulá-lo completamente. "O que posso adiantar é que os pratos não terão influência paraense. Vamos fazer uma cozinha sem amarras, vamos fazer o que nos der vontade", afirma. A casa não tem data de abertura confirmada, mas a previsão é que esteja funcionando no dia 12 de junho, para os casais apaixonados já aproveitarem o Dia dos Namorados.


O chef

Leandro trabalhou na cozinha do Noma, na Dinamarca, eleito por quatro vezes o melhor restaurante do mundo pela revista britânica Restaurant. O Noma é famoso por valorizar os ingredientes locais e essa é uma das fortes características da cozinha autoral do chef. Em sua temporada em Paris, estudou no Le Cordon Bleu, onde obteve o Diplôme de Cuisine. Lá passou pela cozinha do Café Constant. De volta a Brasília, foi subchef no restaurante Bottarga e chef no Liv Lounge.


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}