GPS | BEM-ESTAR

Mitos & verdades

COLABORADOR Redação   
|   17/05/2017 07:00 ( atualizada 17/05/2017 07:00)   
FOTO Reprodução/Cristiano Eduardo   
Nos 57 anos do anticoncepcional, GPS|Brasília bate-papo com ginecologista Carla Martins sobre a temida pílula

Mudanças comportamentais com o uso de contraceptivos têm sido frequentes entre as mulheres. Embora a pílula seja o método preferido de 61% das brasileiras, de acordo com pesquisa do IBGE, muitas têm buscado outras alternativas para adiar a maternidade. Para esclarecer sobre o assunto, o GPS|Brasília bateu papo com a médica ginecologista Carla Martins.

A doutora recebe diariamente em seu consultório mulheres com diversas dúvidas quanto ao uso do anticoncepcional. “A pílula pode me causar algum mal?”, “Se eu usar durante muito tempo ainda vou poder engravidar?”, “Corro risco de ter trombose?”, “E câncer?” e a resposta da médica é a seguinte: “Existem muitas pílulas no mercado e sempre terá uma melhor para cada tipo de organismo. O uso dela não deixa as mulheres inférteis, se você está tomando e para, no mês seguinte você já estará ovulando e pronta para ter um bebê”, explica Carla.

O uso regular e correto do medicamento esconde alguns problemas que causam a infertilidade, mas nunca será o gerador do problema. “Caso a mulher pare de fazer o uso da pílula e não consiga ter filhos, ela pode ter certeza de que já tinha um problema prévio que foi mascarado e não que adquiriu em decorrência do uso contraceptivo”, conta.

Apesar das recentes discussões do uso do anticoncepcional e o câncer de mama, a doutora afirma não ter nenhum estudo científico que comprove isso. “Como ele é usado em pacientes jovens, a incidência de câncer é muito pequena. Não tem algo que comprove efetivamente. Inclusive, a pílula é usada como forma de proteção ao câncer de ovário e de endométrio.”



Já a trombose é algo que sempre foi um risco. “Normalmente você tem duas ou três mulheres em cada 100 mil que usam o anticoncepcional com a possibilidade de fazer uma trombose e ele aumenta três vezes mais esse risco”, explica a doutora. E acrescenta: “a maior condição que causa trombose é a gravidez. A estatística de mães que adquiriram trombose durante a gestação ou no pós-parto é de 60 a cada 100 mil.”


Uma escolha da paciente, o método contraceptivo não pode causar mal estar nas mulheres. “Orientamos nossas pacientes a fazerem o uso que a deixe mais confortável. Expomos as vantagens e desvantagens e eficácia de cada método e deixamos que ela escolha o que se adequa melhor ao seu estilo de vida”, explica.

Além de ser um método que evita a gravidez indesejada, o anticoncepcional tem benefícios não contraceptivos, que são: a diminuição do fluxo menstrual, diminuição das dores de cólica, melhoria da pele, entre outros.

Carla explica ainda, que o estilo de vida das pacientes influencia na eficácia do medicamento. “Pedimos para que as pacientes que querem fazer o uso da pílula não fumem, pois ela aumenta o risco de trombose e infarto. Quem fuma mais de 15 cigarros ao dia tem uma contraindicação absoluta. Além disso, pessoas obesas, sedentárias e diabéticas tem maior chance de ter complicações.”

Como um último alerta, Carla explica que cada paciente tem um tipo de pílula. “Nunca usem a pílula da amiga. Consulte um médico primeiro. Precisamos ver o perfil da paciente, a necessidade dela, o uso de outros remédios para que um não interfira no outro. Então a pílula que serve para a amiga, não serve para você”, finaliza.

Talk Show


Dra. Carla Martins

A doutora Carla participará de um talk show na próximo terça-feira, 23, no Brasília Shopping. O evento tem como objetivo discutir sobre os vários aspectos ligados à contracepção. “Existem relatos que alguns métodos contraceptivos estão associados à redução da qualidade de vida e bem-estar das mulheres. A ideia é mostrar como os anticoncepcionais atuam na saúde feminina", antecipa Martins, que é diretora da clínica FertilCare, em Brasília.


Serviço

Talk Show “Anticoncepcionais: Qual a sua dúvida?”
Dia 23 de maio, terça-feira, às 19h
Auditório do Brasília Shopping – Asa Norte


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}