GPS | CULTURA

Arte brasiliense

COLABORADOR Pedro Lira   
|   09/03/2017 17:00 ( atualizada 09/03/2017 17:00)   
FOTO Cortesia   
Artista Christus Nóbrega é um dos indicados ao Prêmio Pipa 2017

Já faz tempo que Brasília deixou de ser apenas uma Capital política. A cidade, que respira cultura, gastronomia, esportes e um estilo de vida saudável e até invejado por outras capitais do País, está se consolidando cada vez mais também no cenário das artes plásticas.

 

Uma prova disso é a constante presença de artistas candangos indicados ao Prêmio Pipa. A edição de 2017 ainda não divulgou todos os indicados à premiação, mas um nome da cidade já consta nos boletins: Christus Nóbrega. O artista, inclusive, é um dos defensores do cenário artístico brasiliense. "A Capital está despontando com bons artistas e se consolidando no Brasil. Aqui temos muitos talentos que saem da Universidade de Brasília, Faculdade Dulcina de Moraes e outros", defende. "Muitos desses que inclusive já passaram pelo Pipa".

 

Para participar da premiação os artistas não se inscrevem e nem enviam trabalhos. Os nomes são apontados por um comitê de especialistas que avalia e indica artistas que consideram relevantes para o cenário atual. "É incrível ter sido um dos indicados. Agradeço muito ao comitê pelo reconhecimento e acho que será uma ótima oportunidade para divulgar ainda mais o meu trabalho", conta.

 

A premiação é composta por três etapas principais que envolvem votação online, escolha de favoritos do público e júri de premiação. Os prêmios vão de R$ 5 mil, uma exposição no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e, o mais cobiçado,  programa de residência artística da  Residency Unlimited, em Nova York.

 

Quem Comam Brioches (Maria Antonieta) - da mostra Brinquedos de Papel

 

Etapas

 

O prêmio está na primeira fase. Após a divulgação de todos os indicados, os artistas serão avaliados pelo público, que fará uma votação na página do Pipa, no Facebook. Os favoritos recebem uma doação de R$ 10 e R$ 5 mil e poderão exibir suas obras no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

 

A segunda etapa é uma votação do público. O vencedor é o artista que recebe mais votos dos visitantes da exposição dos finalistas da primeira fase no MAM-Rio. O artista receberá R$ 24 mil. A última etapa é decidida por um Júri de Premiação, que irá escolher o vencedor de R$ 130 mil e um programa de residência artística da  Residency Unlimited, em Nova York.

 

"O Prêmio Pipa é uma incrível plataforma de mapeamento de artistas nacionais. Além disso, como tem forte participação do público, incentiva o reconhecimento dos artistas, que conseguem atingir mais pessoas com seus trabalhos", defende Christus.


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}