GPS | COTIDIANO

Cinco estrelas

Demanda de viagens de luxo para o Brasil estão em ascensão e a Capital Federal se destaca no quesito business

Não é muito comum elencar o Brasil como uma das primeiras opções de destino para quem busca uma experiência luxuosa. Porém, o aumento no número de demandas por propriedades de luxo no País prova que esse pensamento está mudando. Em comparação a 2015, a procura geral por locais classificados com 4 e 5 estrelas no país cresceu 25% em 2016. Nas agência online de viagens, são atribuídas às maiores metrópoles, como São Paulo e Rio de Janeiro; no entanto, Praia do Forte, uma pequena cidade à beira mar, dobrou a demanda em 2016, em relação ao ano anterior.

Como sede da Copa do Mundo FIFA 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, o interesse em se aventurar no glamour do nosso país tem crescido exponencialmente nos últimos anos. Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Foz do Iguaçu tiveram as maiores demandas deste tipo de viagens em 2016. Ainda que a maioria seja de viajantes domésticos, em cidades como Rio de Janeiro, um terço dos visitantes são dos Estados Unidos (provavelmente por causa dos campeonatos).

Apesar de o Brasil atrair uma diversa gama de viajantes do mundo todo, visitantes dos Estados Unidos representam a maior porcentagem da demanda internacional de viagens, com quase 50% em 2016. Além disso, turistas argentinos mostraram aumento nas viagens de luxo ao Brasil no ano passado, com mais de 70%. Além do crescimento internacional, os dados do grupo Expedia, uma das maiores agências online de viagens do mundo, indicam que os viajantes domésticos também impulsionam a demanda do segmento de luxo, com um aumento registrado de mais de 55% em 2016, em relação ao ano anterior.


Negócios de luxo



Segundo o grupo, oa números registrraram que a capital do país, Brasília, é o destino ideal para um negócio de luxo. Com uma taxa média de R$ 346 durante 2016, o preço de uma estadia 5 estrelas na cidade é cerca de 40% mais baixo que a média de propriedades de luxo no resto do país. Além disso, viajantes de luxo costumam ficar menos tempo em propriedades de alto nível, com uma média de menos de três dias em comparação ao México, outro país que recebe um grande fluxo de viajantes de luxo, tanto domésticos quanto internacionais, e que tem média de estadia de quatro dias

 


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br