GPS | DEGUSTAÇÃO

O equilibrista

COLABORADOR Andressa Furtado   
|   23/02/2017 07:00 ( atualizada 23/02/2017 07:00)   
FOTO Fernando Veler/Luara Baggi   
Com apenas dois anos de carreira solo, Marcelo Petrarca abrirá mais dois restaurantes, renova cardápio do Bloco C e lança espumante próprio

Seria ele um equilibrista? Desde que abriu o Bloco C, ao lado dos seus irmãos Carolina e Daniel, Marcelo Petrarca vem ganhando novo folêgo para conquistar de vez as diversas facetas da gastronomia. Arrisca daqui, se equilibra dali. Corre atrás, acolá. Em outubro do ano passado, se dedicou a uma nova empreitada: o restaurante Inverso, localizado dentro do Hotel Blue Tree Premium Jade, no Park Sul. Desde então, tem se dividido entre as duas casas e se multiplicado para orquestrar tudo com maestria. 

Mas quem o conhece sabe, que trabalho não o intimida. A palavra de ordem este ano é expansão. Sua mente? Ferve com ideias diferentes, até mirabolantes, a cada semana. Difícil mesmo é acompanhá-lo. Prova disso, é que ainda neste semestre, ele abrirá as portas de mais uma casa. Ainda sem nome definido, mas já com projeto em execução o local escolhido será a QI 5, mais especificamente a antiga loja Ana Paula, além de uma parte do já extinto restaurante Bottarga. Os moradores do Lago Sul que se preparem: a novidade terá uma proposta jovem e descontraída e tem tudo para se tornar o novo hotspot do bairro.



O projeto do restaurante da QI 5 é assinado pela arquiteta Vanessa Rosset

"O processo de expansão da marca está sendo muito bem pensado. Nós sempre quisemos ir para o Lago Sul e a Carla Amorim, nossa futura vizinha que nos apadrinhou", conta o chef. Diferente do Bloco C, a arquitetura vai ser despojada e sem referências de Brasília. A proposta é que seja um ambiente cool, sem cerimônias e mais descolado.


Um dos diferenciais é a charutaria, que contará com um profissional especializado para indicar os melhores tabacos aos clientes. A música será ambiente, sem programação de DJs. Mas isso não quer dizer que a playlist será desanimada. "No projeto, também consta uma parede de vinho bem parecida com a que já existe no Bloco C. Teremos três salas VIPs e a cozinha vai ser aberta, onde os clientes poderão ver seu funcionamento. São em torno de 140 lugares", antecipa.
 

Já no cardápio, esqueçam o filé com rapadura. Petrarca investirá em opções de entrada e pratos para compartilhar. O churros de banana talvez entre no menu e a carta de drinques tem tudo para conquistar a clientela. E se vocês estão se perguntando quando a casa irá abrir, o chef te responde: "a previsão de abertura é na segunda quinzena de junho, logo depois do Dia dos Namorados".
 

O chef também está procurando um ponto no Setor Comercial Sul para outro projeto. "Nós vamos abrir uma outra casa, só que bem pequena com até 10 lugares, no 'olho do furacão'. Quero levar a alta gastronomia para um público que não tem acesso. Será um estabelecimento com garçom, carta de vinhos, menu enxuto e preços acessíveis. Só preciso encontrar um ponto para tirar essa ideia do papel", diz. Se a palavra de ordem deste ano é expansão, o chef está levando à risca. Sorte a nossa.

 

Um rótulo para chamar de seu




Aos que pensam que ele vai parar por aí. Não se engane. Seu sobrenome estampará os rótulos de um espumante fabricado em Pinto Bandeira, cidade próxima a Bento Gonçalves. Há meses, o chef tem visitado o destino à procura da vinícola ideal para produzir a bebida. A escolhida? Don Giovanni, que tem uma história de mais de 40 anos no mercado. Serão duas opções: rosé brut e brut e ambas estarão disponíveis para a clientela na primeira quinzena de março. "Também teremos uma cerveja própria em breve", adianta. Os clientes poderão comprar esses rótulos na Super Adega.

 

O rótulo dos espumantes que levará o sobrenome da família

 

Dois anos: novo cardápio


Em meio a tudo isso, o Bloco C está celebrando dois anos de existência. São mais de 10 mil filés com rapadura, 11 mil churros e 6 mil burratas vendidas ao longo desse período. Por isso, nenhum desses três pratos serão substituídos na segunda quinzena do mês de março. "Só fica o filé com rapadura, o churros de banana, o estrogonofe e a burrata. Além disso, aumentaremos 80 rótulos de vinho, a carta de drinks e espumantes será repaginada", afirma Marcelo.

GPS|Brasília fez uma visita ao restaurante e provou as novidades. Além dos pratos ilustrados abaixo, vão ser incluídos no menu a Bacalhoada do chef no creme de queijo, a Moqueca de polvo, a Lasanha de rabada, a Panqueca de carne moída com molho de tomate, o Caneloni com confit de pato e dois pratos vegetarianos: Curry de legumes com couscous marroquino de amêndoas e Risoto de beterraba com queijo de cabra fresco e salada de brotos orgânicos.

No quesito sobremesa, já pode lamber os dedos: cocada de quindim, brioche de coco e profiteroles crocante recheado com mousse de chocolate e baunilha. A dúvida é qual dessas criações ganhará de vez o paladar dos brasilienses?! Palpites?

 


Bruschetta de queijo de cabra com mel trufado (R$ 48)



Polpetini com ragu ao pomodoro de linguicinha caseira e boursin de tomilho (R$ 35)
 


Carne de panela com purê de abóbora (R$ 56)


Camarão ao creme de brie com risoto de banana caramelada (R$ 96)


Bolo de chocolate com calda de brigadeiro (R$ 27)

 

Serviço
Bloco C
SQS 211 Bloco C
Telefone: 3363-3062
Instagram: @restauranteblococ                             
                                                                                  


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}