GPS | GPS|TOM

Eles na mira... outra vez!

Contrariando tendência mundial, homens gays voltam a preocupar o Ministério da Saúde do Brasil no combate ao vírus que provoca a AIDS

Estatísticas da ONU apontam que, mundialmente, mulheres ainda são a maioria dos infectados pelo HIV entre jovens de 15 a 24 anos - faixa etária em que a epidemia tem crescido mais fortemente.

 

O Brasil, no entanto, preocupa e segue na direção contrária segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde no Dia Mundial da Luta contra Aids. Os gráficos mostram um aumento considerável da infecção entre homens jovens, e queda entre as mulheres. Os números são impulsionados principalmente pelo aumento das infecções entre homens que têm relações homossexuais.

 

 

Nas últimas décadas, o número de casos de transmissão heterossexual era maioria, tanto para homens quanto para mulheres. No caso delas, continua sendo. Mas em todo o país, a proporção de casos de infecção homossexual entre homens foi de 30,8% em 2007 para 50,2% em 2016. Em casos heterossexuais, ela caiu de 47,3% para 38,5% no mesmo período.

 

Vamos entender por que isto está acontecendo?

 

Especialistas ouvidos pela BBC Brasil apontaram razões que vão desde acesso maior das mulheres aos testes até o surgimento de aplicativos que facilitam encontrar parceiros sexuais, passando pela diminuição de programas de educação nas escolas.

 

Homens e mulheres

 

Em teoria, tanto homens quanto mulheres têm as mesmas possibilidades de contrair o vírus. Mas... segundo dados da Unaids, agência da ONU que cuida do tema, as mulheres eram 60% dos jovens de 15 a 24 anos com HIV no mundo em 2015. Esta estatística se deve, principalmente, à situação no continente africano.

 

"O sexo entre gerações diferentes está gerando essa epidemia entre mulheres mais jovens na África. É por isso que a maioria dos nossos relatórios foca nas mulheres. Mas na América Latina, principalmente a do Sul, tem uma epidemia diferente", disse à BBC Brasil, Georgiana Braga-Orillard (foto), diretora do Unaids Brasil.

 

Os dados do Ministério da Saúde mostram que a taxa de homens de 15 a 19 anos infectados pelo HIV mais que duplicou nos últimos 10 anos (de 2,9 casos por mil habitantes em 2003 para 6,9 em 2015). O mesmo ocorreu na faixa de 20 a 24 anos (de 18,1 casos por mil habitantes a 33,1).


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br