GPS | GPS|TOM

Efeito Trump

Xenofobia e outros crimes de preconceito aumentaram no estado de Nova York após a eleição de Donald Trump

O governador do estado de Nova York , Andrew Cuomo, declarou ao The New York Times que o número de crimes de ódio cresceu tanto que ele teve de criar uma unidade policial dedicada exclusivamente ao combate destes tipos de violências:

 

"O lamentável discurso político da campanha [presidencial] não acabou no dia das eleições", disse ele, há poucos dias. "Ele piorou em vários sentidos, levando a uma crise social que agora desafia nosso sentido de identidade".

 

Não há dúvida que houve um aumento expressivo nas manifestações racistas e discriminatórias instigadas pela campanha de Donald Trump. O presidente recém-eleito recebeu apoio de vários grupos supremacistas brancos, inclusive a Ku Klux Klan. Trump não economiza nos insultos a mulheres, mexicanos, muçulmanos e imigrantes irregulares. A questão é saber se essa é uma tendência que continuará ao longo de sua presidência. As análises a esse respeito são desencontradas e nubladas pelas vocações políticas individuais. O Southern Poverty Law Center sugere algum otimismo, ao lembrar que 65% dos 700 incidentes registrados ocorreram nos três primeiros dias após a eleição.

 

 

Mas qualquer pessoa que já tenha sentido a discriminação na pele tem razões de sobra para se preocupar. "Este antagonismo simplesmente partiu meu coração", declarou ao jornal americano, Nicki Pancholy, ...uma mulher californiana que usa um véu porque perdeu os cabelos por causa do lupus, uma doença autoimune. Seu carro foi vandalizado por alguém que pensou que ela era muçulmana.

 

Preocupante...

 


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br
{slideshow_baner}