GPS | ARTIGOS

Fala, personal!

COLABORADOR Pedro Guimarães   
|   31/10/2016 16:00 ( atualizada 31/10/2016 16:00)   
FOTO Reprodução   
Preparador físico Pedro Guimarães fala sobre os benefícios do hormônio do futuro, a melatonina

Olá leitores,

A melatonina é um hormônio produzido na glândula pineal e tem como função principal induzir ao sono. Mas você provavelmente não deve saber que esse hormônio apresenta também inúmeros benefícios relacionados ao sistema imunológico, combate ao envelhecimento e agente antioxidante.

Talvez uma de suas principais funções seja regular o ritmo biológico. Seria como se a melatonina enviasse um comando avisando que a noite chegou e está na hora de dormir. Isso porque ele é responsável por deixar o sistema digestório mais lento, a temperatura do corpo e a pressão sanguínea mais baixa.

Segundo o cardiologista Bruno Daniel, a melatonina demorou muito para ser liberada, visto que seus benefícios já são comprovados em vários estudos. Algumas doenças poderiam ser melhor tratadas e até prevenidas se fosse possível o uso do hormônio.

Alguns benefícios como inibidor do crescimento tumoral e neutralizados da imunodepressão induzida pelo stress, colocam a melatonina como um forte agente do sistema imunológico. Já ser um modulador do processo de envelhecimento pode aumentar a sobrevida em ratos em cerca de 21 a 28 meses. Doutor Bruno ainda afirma que o hormônio possui propriedades que protegem contra danos do DNA, tornando assim, uma ferramenta antioxidante poderosíssima.

Em tese não existe contraindicação para a utilização da droga, mas é importante saber que algumas pessoas apresentam hipersensibilidade ao hormônio. Devido a isso, existe uma discussão muito acirrada no campo de quem deve prescrever a melatonina. A classe médica defende que somente eles podem indicar o hormônio aos pacientes, mas alguns profissionais de saúde também mostram competências para tal responsabilidade.

Ainda segundo o cardiologista, as dosagens são diversas e não existe uma consenso, mas que geralmente as doses tendem a aumentar com o passar da idade do paciente. Portanto, é importante ter o acompanhamento profissional para que o uso da melatonina seja verdadeiramente efetivo.

**Pedro Guimarães é graduado em Educação Física pelo UniCEUB, pós-graduado pela UniFOA em Fisiologia de Exercício e Personal Trainer, atualmente trabalha como consultor em Atividade Física pela Clínica Metafísicos, além de atuar como Personal Trainer em academias da cidade. (CREF: 8553 G/DF)


Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br